terça-feira, 2 de maio de 2017

CRENÇAS - 1


CRENÇAS - 1
Airton Sousa - Direto de Florianópolis Paciência

Estou começando hoje uma série de textos que vou chamar de “Crenças do Amigão”. A inspiração para a série veio de um desejo do meu coração de contar para os meus amigos tudo que passei a crer depois que vim morar no Rio, conforme falei na semana passada.

Na verdade, eu já acreditava nessas coisas, mas não seguia e você já sabe da história toda, né?

Uma vez um amigo me disse:
- Amigão, eu acho você um cara muito legal, amigão mesmo, mas esse negócio de Bíblia enche o saco... Se eu fosse te dar uma nota, eu daria nota 7.

Então, eu respondi:
- Cara, você me deu nota sete por eu falar bastante da Bíblia, mas eu garanto: se eu vivesse cem por cento do que ensina a Bíblia, você me daria nota dez.

Então, vamos ao primeiro capítulo desta séria série:
Eu creio na Bíblia

A Bíblia é um livro diferente de todos aqueles que você já leu. Trata de fatos acontecidos em lugares distantes, foi escrita, originalmente, em línguas praticamente desconhecidas da maioria das pessoas, conselhos dados a um povo estrangeiro. É diferente demais! É de surpreender que alguém a leia. É antiga demais. Tem coisas ali que aconteceram há cinco mil anos. Coisas esquisitas, inclusive. O Livro fala de guerras, incêndios, terremotos, enchentes (dilúvio, lembra?). É radical demais.

A Bíblia foi proibida, queimada, ridicularizada, zombada, colocada na ilegalidade e por alguma razão a Bíblia nunca desapareceu por completo. Até hoje é o livro mais vendido no mundo. Não existe nenhuma explicação na Terra para esse fenômeno.

Opa, talvez seja isso... a explicação não está na Terra. Ela vem do Céu. Para milhões de pessoas que estudaram e acreditaram há somente esta explicação: A Bíblia é a PALAVRA DE DEUS.

O objetivo da Bíblia é a salvação. O maior desejo de Deus é trazer Seus filhos de volta para casa, e por isso escreveu esse livro, onde mapeia o plano de salvação. Foi por isso que a Bíblia resistiu esses anos todos.
“Existe realmente Deus?”
“O que faço com a minha insegurança?”
A Bíblia tem respostas para essas perguntas. É o mapa e a bússola que nos conduz para o maior tesouro de Deus: a vida eterna.


“Lâmpada para os meus pés é a tua palavra e luz para o meu caminho” (Salmo 119:105)

A Bíblia deve ser lida com oração e cuidado para que seja interpretada corretamente. Não é um jornal, nem revista, nem uma mina para ser garimpada. “Se procurar sabedoria como se procura prata e buscá-la como se busca um tesouro escondido, então você entenderá o que é temer o Senhor e achará o conhecimento de Deus.” (Provérbios 2:4-5)

A Bíblia deve ser estudada um pouco de cada vez. Eu me lembro da história de um garotinho que voltou do seu primeiro dia de aula na escola e a mãe perguntou:
- Como foi na escola? Aprendeu alguma coisa?
- Acho que não aprendi o bastante, pois tenho que voltar amanhã, depois de amanhã e depois de depois de amanhã...

É assim que funciona o estudo da Bíblia. Pouco a pouco, diariamente.
Estudar a Bíblia é um dos grandes privilégios que recebemos. É desejo de Deus que conheçamos sua Palavra inspirada que é “útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra.” (I Timóteo 3:16-17)

Eu creio que a Bíblia descreve um Deus amoroso que deseja Se comunicar comigo, mesmo que, às vezes, eu me esqueça dEle durante meus afazeres. Também creio que conforme conheço melhor a Deus, lendo Sua palavra, me sinto menos estressado e mais feliz.

Eu sou feliz por crer nisso e me esforço para encontrar tempo cada dia para ler minha Bíblia e conhecer Jesus melhor.

Estou disposto a dividir isso com você. Caso deseje estudar a Bíblia comigo, me mande um e-mail pra gente começar.

Um abraço do Amigão!

Nota: e-mail do Amigão: ayrtons1966@gmail.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!