sexta-feira, 22 de junho de 2018

É BOM SER CRIANÇA


É BOM SER CRIANÇA
Denize Vicente – Rio de Janeiro - RJ

2006. Uma cena que eu jamais vou esquecer. Por volta das dez e pouco da manhã, e de repente, chegam cerca de doze crianças à praia, acompanhadas de um só adulto. Até hoje não sei se eram de alguma escolinha de futebol, se eram de algum instituto, mas sei que não eram todos irmãos, assim, de sangue. Havia loirinhos, negros, morenos, mulatinhos, todos de short, todos sorridentes. A idade devia variar entre 8 e 15 anos, talvez.

Chegaram soltos, leves, mas organizados, numa boa e naturalmente. Via-se que estavam animados, sorridentes, curtindo. Conversavam animadamente.
Arrumaram as bicicletas uma ao lado da outra, na areia, e saíram correndo pro mar, sem jogar areia em ninguém, mas correndo, saltando, impressionantemente felizes.

Ali eu já achei que aquela cena já fazia valer o meu dia!

O adulto que as acompanhava, um rapaz talvez de uns 28/30 anos, alto, negro, cara de boa gente, ficou ali em pé, ao lado das bicicletas, enquanto as crianças se divertiam no mar. Ele apenas olhava, cuidando de longe, atento. Sem cara de mau, tinha apenas um olhar protetor. Achei isso tão bacana!

Achei curioso, aliás, ele não ter dado nenhuma instrução antes que os meninos se dispersassem. Canso de ver os pais gritando com os filhos, na praia, ou mesmo advertindo-os, carinhosamente, para que tenham cuidado no mar, para que não joguem areia em ninguém, não briguem, não fiquem pedindo pra comprar as coisas etc. etc. Mas o rapaz não deu nenhuma ordem e eles todos sabiam exatamente como fazer pra ter u'a manhã divertida, na praia.

Uma coisa que sempre achei legal é que no Recreio as pessoas são mais gentis do que em outras praias. Eu acho mesmo. Fico pensando que, fosse em outro lugar, pelo menos "meia dúzia de 20 ou 30 pessoas" já estaria olhando torto, segurando suas bolsas, fazendo cara feia... Já vi cenas assim em Ipanema, por exemplo, uma praia tão charmosa, e que só devia ter gente com charme no trato pessoal também...

Pois bem, a criançada (graças a Deus) estava no Recreio dos Bandeirantes, Posto 9. E se divertia tanto, mas tanto, que era capaz de causar inveja em muita gente!

Cerca de uma hora, uma hora e meia depois, os meninos já estavam indo embora. Na verdade, quando eu olhei - e as bicicletas estavam perto de mim - já nem vi mais ninguém. Foram tão discretos na hora de ir que eu nem percebi... Mas a alegria que irradiaram ficou na praia até a tardinha.


Pensando bem, ‘tava bem certo Jesus Cristo quando disse: “Deixem que as crianças venham a mim e não proíbam que elas façam isso, pois o Reino de Deus é das pessoas que são como estas crianças. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: quem não receber o Reino de Deus como uma criança nunca entrará nele.” (Marcos 10:14-15).

Desejo a você entrada liberada no Reino do Céu. Que a gente aprenda a ser assim: simples, leve, amável, feliz como só uma criança sabe ser. Desejo que você receba o Reino de Deus como uma criança. E que o Céu comece aqui.


quinta-feira, 21 de junho de 2018

VENTANIA


VENTANIA
Airton Sousa - Direto de Paciência - Rio de Janeiro - RJ

Cada vez que penso em como Deus abriu o mar para que o povo passasse, sinto mais vontade de escrever sobre o assunto.

“Então Moisés estendeu sua mão sobre o mar, e o Senhor fez com que este se retirasse com um vento forte vindo do oriente que soprou toda noite e fez com que o mar se secasse, ficando as águas divididas.” (Êxodo 14:21e22).

Veja bem, eu sempre achei que Moisés havia simplesmente tocado nas águas, com seu cajado, e que então o mar se abriu. Bobinho eu. A leitura mais atenta indica que Moisés estendeu o cajado e passou toda noite com ele estendido. E mais, houve uma ventania durante toda a noite que fez com que o mar secasse.

Pera aí... preciso ler novamente. Então, suponhamos que eu, que sou superansioso, estivesse ali no meio do povo. Estou acordado. Estou num beco sem saída. Na frente, o mar vermelho; atrás, os inimigos. Não consigo dormir. Lá fora, vejo Moisés com o cajado estendido para o alto. E agora uma ventania. O vento vai aumentando sua intensidade. Venta a noite inteira. Algo vai acontecer.

E quando, enfim, o dia raiou, todos os que estavam naquele beco sem saída perceberam. “Com o resfolgar das tuas narinas, amontoaram-se as águas, as correntes pararam em montão; os vagalhões coalharam-se no coração do mar.”. (Êxodo 15:8).

Todos perplexos. Eu perplexo, com o queixo caído. O sopro de Deus, a ventania, dividiu o mar que ficou congelado como um muro. E todos puderam atravessar em SECO entre os muros de gelo.

O tema é arrepiante e é provável que eu volte a ele. Aconteceu comigo. Quando percebi a ventania, eu pensei: o mar vai se vai abrir novamente, e dessa vez foi tão espetacular quanto foi a primeira vez.

Sabe, amigo, pode acontecer com você também, pois como diz o velho ditado: “vento que venta lá, venta cá!”. Você só precisa confiar e prestar atenção na ventania.



quarta-feira, 20 de junho de 2018

REDENÇÃO


REDENÇÃO
João Octávio Barbosa – Bangu – RJ

A palavra do dia é REDENÇÃO.
Quando eu penso nessa palavra eu me lembro de uma estátua. A mais famosa do Brasil. Você já sabe do que eu estou falando? É do Cristo Redentor, é claro! O marco brasileiro mais famoso do mundo, junto do Neymar.

Vamos conhecer um pouco mais sobre o monumento:

“É impossível imaginar uma viagem ao Rio de Janeiro sem uma visita ao Cristo Redentor. Localizado no alto do Morro do Corcovado, o monumento é a imagem brasileira mais conhecida no mundo. Todos os anos, mais de 600 mil pessoas são levadas ao Cristo Redentor pela centenária Estrada de Ferro do Corcovado, o passeio turístico mais antigo do país.
Inaugurado em 1884 pelo Imperador D. Pedro II, o Trem do Corcovado já levou papas, reis, príncipes, presidentes da república, artistas e cientistas em seus vagões.
É também um passeio ecológico. O trem atravessa a maior floresta urbana do mundo:
o Parque Nacional da Tijuca, um pedaço da mata atlântica, considerado um exemplo de preservação da natureza.
O cartão postal carioca teve sua pedra fundamental lançada em 1922 e a inauguração em 12 de outubro de 1931. O Cristo Redentor foi eleito como uma das
Sete Novas Maravilhas do Mundo Moderno. E a escolha foi merecida. Do alto de seus 38 metros - e dos 710 metros do Morro do Corcovado - o Cristo é a imagem da fé e da simpatia do povo carioca.” ¹

Agora vamos nos ater a este nome: Cristo Redentor. Jesus Cristo é a nossa redenção. E eu vou além. A redenção é Deus. Não UM deus. O Deus. O meu Deus. Possivelmente, aquele que você também conhece como Deus, mesmo que não o considere assim. O Deus da Bíblia. E nesse livro, a Bíblia, que Deus chama de “sua palavra”, vemos o seguinte sobre a nossa palavra hoje, redenção:

Mas tu és nosso Pai; (...) nosso Redentor desde a antiguidade é o teu nome.
Isaías 63:16

Reparem que nesse versículo o nome de Deus, o Pai, é “Redenção”. E essa redenção que tanto falamos é quando Deus nos salva. Ele cuida de nós e nos resgata. Deus é muitas coisas, e, entre elas, é a redenção. Sem Deus não há redenção para nós. Se você quer redenção na sua vida hoje, ponha Deus nela  agora!
Hoje é dia de redenção.

_______________________________

Referência/Fonte:


terça-feira, 19 de junho de 2018

COM O AMIGÃO NA COPA - Parte 3


COM O AMIGÃO NA COPA - Parte 3
Airton Sousa – Direto de Paciência – Rio de Janeiro - RJ

Quando eu era mais jovem, gostava de jogar bola com os outros jovens da igreja que eu frequentava, em Campo Grande, no Rio. A gente jogava em um campo cedido pelo Batalhão da Polícia Militar, ao lado do cemitério.

Geralmente, quem montava os times eram os dois melhores jogadores da turma e eu via a cara deles quando eu estava entre os que seriam escalados pra jogar. Eu sempre era o último a ser escolhido pelo time; às vezes nem era escolhido.

O jogo começava e me mandavam jogar na zaga; daí, eu fazia besteira e me mandavam pro gol; aí, eu tomava uns frangos e me mandavam pro banco.

Eu me lembro até hoje, de uma única vez em que eu estava jogando lá na frente e a bola chegou linda nos meus pés; só tinha o goleiro na frente, era chutar e correr para o abraço. Quando o goleiro, o Jeferson, me viu sozinho com a bola, ele disse uma frase que nunca esqueci: “Eu me recuso a levar gol do Zé!”. E simplesmente abandonou o gol. E mesmo assim, eu ainda chutei para fora. Traumatizei, desisti do futebol, mudei pra São Paulo e comecei a torcer para o Palmeiras.

Outro dia, eu estava num evento evangélico, na Vila Olímpica, em Deodoro, quando o telão mostrou um rosto bem conhecido. E mesmo sem o ver há muitos anos, eu reconheci o Jeferson. Confirmei depois pelo WhatsApp. Era ele mesmo. Ainda não nos encontramos pessoalmente aqui no Rio, mas vai acontecer. Aquela época, vou lhe dizer, o futebol jogado naquele campinho... é uma das coisas de que mais tenho saudades!

Mas eu levei pela vida a tristeza de não saber jogar futebol. Eu queria ser um craque, mas não rolou um clima entre ela, a bola, e eu.

A grande questão é: será que Deus se importa com o fato de eu ser o último escolhido no time?


Quando a gente começa a ler e estudar a Bíblia com mais atenção, a gente vai descobrindo que a Bíblia não procura provar a existência de Deus. Ela simplesmente declara que Deus existe e daí para a frente procura nos provar que Ele se importa conosco.

A própria obra da criação é uma prova disso. Quando criou os céus e deu forma à Terra, e criou a luz e as estrelas, o sol e o mar, estava mostrando que queria ter um contato e um relacionamento conosco. Por quê? Porque Ele se importa. A prova disso está em Salmos 8:5,6: “Ele nos fez um pouco menor do que os seres celestiais e de honra e glória nos coroou.”.

Mais esta: “Mas até os cabelos da vossa cabeça estão todos contados.”. (Lucas 12:7)

Se você acha que Deus não se preocupa, saiba que Ele sabe onde você mora, sabe o nome da rua e o número da sua casa. Seu CPF, carta de motorista. Seu sobrenome. Ele não dorme, Ele guarda a sua entrada e a sua saída. Ele sabe quem deixou você, quem o traiu, quem o molestou, quem o feriu. Ele sabe quem você é.

Se o fato de você ser o último a ser escolhido no time, o deixa triste, Deus se importa sim. Com certeza.

Deus se importa com tudo que deixa você triste, ou pra baixo.

Ele ama tanto você que até enviou o próprio Filho para morrer no seu lugar.

Em todos os tempos e lugares, em todas as dores e aflições, quando a perspectiva se afigura sombria e o futuro cheio de perplexidades, e nos sentimos desamparados e sós, o Consolador será enviado em resposta à oração da fé. As circunstâncias podem separar-nos de todos os amigos terrestres; nenhuma, porém, nem mesmo a distância, nos pode separar do celeste Consolador. Onde quer que estejamos aonde quer que vamos, Ele se encontra sempre à nossa direita, para apoiar, suster, erguer e animar." (Ellen G. White, O Desejado de Todas as Nações, pp. 669 e 670).

segunda-feira, 18 de junho de 2018

MUTE


MUTE 
Priscila Pahim  - Rio de Janeiro - RJ

Você já assistiu ao filme “Click”, com Adam Sandler? Um controle remoto para controlar a vida, com direito a “menu” e tudo. Que tal avançar a sua vida para o ponto em que você já é bem sucedido, com uma família maravilhosa que ama você? Avançar para o ponto da sua vida em que todos os seus sonhos já estão realizados? Seria muito mais que perfeito, um controle assim.


Mas, pra falar a verdade, não é a parte de avançar ou voltar atrás das burradas que fiz, para poder consertá-las, o que me atrai, e sim o botão “MUTE”. Ah! Ficaria até mais feliz, se eu soubesse que esse botão poderia se tornar real. Já imaginou ter em suas mãos o poder de silenciar o mundo? Tá! “O mundo” é meio exagero. De repente, usar isso com aquele seu vizinho que não consegue ouvir uma música decente, apenas aquelas coisas obscenas que alguns chamam de “cultura”; ou, numa discussão... Enfim, seria maravilhoso ter esse poder!

Vai me dizer que nunca passou pela sua cabeça fazer isso com alguém chato? Imagine uma situação em que o silêncio era essencial e as pessoas simplesmente queriam continuar falando, gritando, xingando, berrando... como se fosse seu legítimo direito só porque têm boca! (Só lembrando que Deus nos fez com uma boca e dois ouvidos – e isso deve ter um motivo...)


Neste mundo temos barulho demais... O silêncio, longe de ser sinal de apatia, pode ser um oásis. Palavras, quando bem usadas, não precisam ser muitas; precisam apenas ser boas.

Que no silêncio de hoje, você consiga meditar nesse texto: “Aquele que anda corretamente e fala o que reto, que recusa o lucro injusto, cuja mão não aceita suborno, que tapa os ouvidos para as tramas de assassinatos e fecha os olhos para não contemplar o mal, é esse o homem que habitará nas alturas; seu refúgio será a fortaleza das rochas; terá suprimento de pão, e água não lhe faltará.” Isaías 33:15 e 16.

Que assim seja!

Uma ótima segunda para você... e que Certas Coisas da vida um dia se tornem coisas certas.

Até semana que vem!

domingo, 17 de junho de 2018

PROPAGANDA

PROPAGANDA
Pamela Henriques Moreira - Angra dos Reis - RJ

Estava vasculhando notícias na internet quando uma chamadinha me chamou atenção. Dizia: “10 lugares mais perigosos do mundo”. Abri a matéria, já que adoro viajar (o problema é que “money que é good nóis num have”1). Achei bem interessante a matéria, não pelos lugares, mas por causa do merchandising2. Logo após as fotos interessantes, e ainda na matéria, quando dei por mim já estavam anunciando seguro de viagem. Espertinhos!!


Dizem que a propaganda é a alma do negócio. Será?!?


Quando uma propaganda não cumpre o que promete, ela é considerada enganosa, ou seja, tem capacidade total ou parcial de dar uma ideia falsa da realidade às pessoas.


Já vi em alguns outdoors frases do tipo "Jesus está voltando", "Jesus é o nosso Senhor", e acho legal. Claro que Deus não é um produto, sequer precisa de propaganda, mas por que não falar de Seu amor infinito, das Suas obras em nossa vida, de Sua misericórdia, do Seu carinho? Por que não apresentar esse Deus maravilhoso que operou e opera milagres na vida das pessoas?

“Portanto, qualquer que me confessar diante dos homens, eu o confessarei diante de meu Pai, que está nos céus. Mas qualquer que me negar diante dos homens, eu o negarei também diante de meu Pai, que está nos céus.” Mateus 10:32,33

Mas logo penso que é um tal de vassoura ungida daqui, rosa ungida de lá, perfume com cheiro de Jesus para vender... e vários outros produtos! Como as pessoas podem ser criativas para "vender" Jesus ao invés de levar Sua verdadeira palavra, não é mesmo?

"Examinais as Escrituras porque vós cuidais ter nelas a vida eterna, e são elas que de mim testificam." João 5:39

Quando vejo comerciais de determinados produtos com certas atrizes, pergunto-me se elas realmente os utilizam. Seria mais fácil para verificar o resultado, não?

"Já que vocês conhecem esta verdade, serão felizes se a praticarem." João 13:17

"Não se enganem; não sejam apenas ouvintes dessa mensagem, mas a ponham em prática. Porque aquele que ouve a mensagem e não a põe em prática é como uma pessoa que olha no espelho e vê como é. Dá uma boa olhada, depois vai embora e logo esquece a sua aparência." Tiago 1:22-24

Ter Deus em nossa vida é o maior dos presentes; falar dEle é prazeroso; praticar Seus ensinos é sabedoria e a melhor das propagandas.

______________________________

Referências:



1-  Falta-me din din 

2- Citação ou aparição de determinada marca, produto ou serviço, sem as características explícitas de anúncio publicitário, em programa de televisão ou de rádio, espetáculo teatral ou cinematográfico etc.






sábado, 16 de junho de 2018

A VERDADE É UMA SÓ


A VERDADE É UMA SÓ 
Jackson Valoni - Angra dos Reis - RJ

Antes de saber que vou ser pai de menina, estava difícil descobrir o sexo do neném, porque ela só ficava com as pernas cruzadas. No último exame tentamos ver o rostinho dela, pra saber se puxou meus olhos ou o narizinho da mamãe, mas ela ficou com as mãos na frente. Será uma menina tímida.

Um amigo da minha esposa e um amigo meu brincaram sobre o mesmo tema: o sexo do bebê. Como nesses últimos anos tem havido forte debate a respeito de sexo e gênero, nossos amigos diziam que não podemos definir de verdade o sexo da criança pelo que o médico diz.

Há algum tempo, escrevi aqui sobre o relatório da Comissão Nacional da Verdade, que retratava eventos ocorridos durante o regime militar (http://entaoserve.blogspot.com.br/2017/10/verdade.html?m=1). Há quem diga que o relatório foi feito sob um ponto de vista duvidoso; há quem diga que o relatório omite informações.

A verdade pode ser alvo de manipulação, mas ela sempre estará lá, em algum lugar.

Afinal, o ex-presidente Lula tem sofrido perseguição política? Os ministros do STJ e do STF que votaram pela condenação do ex-presidente, o Juiz Sérgio Moro e todos os colaboradores daquele PowerPoint icônico feito pelo Ministério Público Federal estão com segundas intenções?

A verdade pode ser alvo de manipulação, mas ela sempre estará lá, em algum lugar.

Há muitos anos, quando tudo ainda era perfeito, alguém muito especial (Lúcifer) convenceu pouco menos da metade dos amigos que tinha para irem contra as regras estabelecidas no lugar onde viviam. [Apocalipse 12:4 - Ezequiel 28:14-18]

Houve então uma guerra nesse lugar - de um lado aqueles que sentiam o desejo de preservar a harmonia e justiça daquele lugar (Jesus e seus anjos); do outro, aquela criatura que causava admiração em todos, mas rejeitava as leis que reinavam ali (Lúcifer e os anjos que conseguiu convencer). [Apocalipse 12:7]

Lúcifer perdeu a guerra e foi expulso do Céu. Aqui na Terra, conseguiu aquilo em que fracassou no Céu: introduzir o pecado. Convenceu o primeiro casal a desobedecer descaradamente o que Deus havia ordenado, e passou a se tornar o "príncipe deste mundo". [João 12:31; 14:30; 16:11]

Satanás, cujo nome quer dizer "adversário", conseguiu perverter a lei de Deus, que é tão santa quanto o próprio Deus. [Romanos 7:12; I Timóteo 1:8]

Durante muito tempo os cristãos fiéis foram perseguidos [Apocalipse 12:6, 14]. Estêvão foi o primeiro grande mártir, morto apedrejado por seguir os ensinos de Jesus. A Idade Média foi um período em que os ensinos de Jesus se misturaram com intenções políticas. A lei de Deus foi duramente pervertida e até hoje é possível ver o reflexo de sua manipulação. 

O dia de sábado como santificação, por exemplo, tornou-se o domingo. [Êxodo 20:8; Daniel 7:25]

A verdade pode ser alvo de manipulação, mas ela sempre estará lá, em algum lugar.

Eu desejo, com este texto, que você não tenha medo para buscar além do que julga conhecer. Jesus disse que a palavra de Deus é a verdade [João 17:17], mas muitos se esforçam para destruí-la com ensinamentos perigosos. Se quiser, me escreva, podemos conversar mais a respeito.

Leia todos os versos bíblicos mencionados aqui, por favor. É para o seu bem.

A verdade é uma só. [João 14:6]

"Aqui está a perseverança dos santos que obedecem aos mandamentos de Deus e permanecem fiéis a Jesus." [Apocalipse 14:12]

sexta-feira, 15 de junho de 2018

HÁ TEMPO PARA TUDO


HÁ TEMPO PARA TUDO
Denize Vicente – Rio de Janeiro – RJ

Junho, 2018.
Pra quem está no hemisfério sul, inverno; pra quem vive no hemisfério norte, verão. E o ser humano, geralmente, reclama de sentir muito calor e de sentir muito frio, sempre desejando uma coisa quando tem outra... Se é noite, a gente quer ficar acordado, esticando o dia; se é dia, a gente quer continuar dormindo como se fosse noite. Parece acreditar, essa gente, que se o mundo fosse do seu jeito seria bem melhor.

Criaste o dia e a noite, puseste o sol,
a lua e as estrelas nos seus lugares.
Marcaste os limites da terra
e fizeste o verão e o inverno.

A maioria de nós mostra-se sempre insatisfeito com aquilo que tem e ansioso por ter aquilo que não está disponível.


A vida é muito mais doce e agradável quando a gente aprende a viver bem com aquilo que tem. Reclamar e irritar-se não é legal. Não faz bem pra ninguém. Dançar conforme a música e saber que há sempre um tempo certo para cada coisa é a primeira regra de uma boa vida.

“Para tudo há uma ocasião certa;
há um tempo certo para cada propósito debaixo do céu:
Tempo de nascer e tempo de morrer,
tempo de plantar
e tempo de arrancar o que se plantou,
tempo de matar e tempo de curar,
tempo de derrubar e tempo de construir,
tempo de chorar e tempo de rir,
tempo de prantear e tempo de dançar,
tempo de espalhar pedras
e tempo de ajuntá-las,
tempo de abraçar e tempo de se conter,
tempo de procurar e tempo de desistir,
tempo de guardar
e tempo de jogar fora,
tempo de rasgar e tempo de costurar,
tempo de calar e tempo de falar,
tempo de amar e tempo de odiar,
tempo de lutar e tempo de viver em paz...”



quinta-feira, 14 de junho de 2018

CAFÉ PLUS

 
CAFÉ PLUS 
Por Airton Sousa

Algumas coisas me encantavam durante o tempo que trabalhei na “Leo Burnett Tailor Made”, uma importante e famosa agência de publicidade.
As maçãs, por exemplo. 

Começava pela recepção. Todos os dias havia na recepção uma cesta com maçãs vermelhas. Qualquer visitante, funcionário ou cliente podia comer uma maçã ou várias. Eu mesmo comi muitas. Comia mais de uma por dia, pois eram deliciosas. 



No mundo inteiro, em todos os escritórios da Leo Burnett, há maçãs vermelhas em todas as recepções, todos os dias.

A ideia surgiu quando um jornal de Chicago afirmou que o velho Leo Burnett iria afundar logo, logo, se continuasse com suas ideias extravagantes, e que em breve estaria nas ruas vendendo maçãs.

Depois de ler essas palavras, Leo Burnett resolveu oferecer maçãs em vez de vendê-las. E o costume prevalece até os dias de hoje.

Outro símbolo interno importante criado por Burnett foi o ícone de “uma mão a alcançar as estrelas”, que ele explicou dizendo: ”Quando tentamos alcançar uma estrela, podemos não conseguir apanhar nenhuma, mas também não acabamos com as mãos sujas.”. 



Um terceiro símbolo foi o “lápis preto”, um Alpha 245 que Burnett usou no dia a dia durante toda a sua vida. 

Para Burnett o lápis simbolizava um compromisso para com o calor e humanidade das ideias, e também para com quem as criava. 



Tem mais: no aniversário da agência, em 5 de agosto, ninguém trabalha; todos os funcionários recebem um bônus que é um valor equivalente ao numero de anos que a agência celebra. Este ano, por exemplo, a agência completou 81 anos e cada funcionário deve ter recebido 81 dólares. De graça. De bônus.



Aí você pensa: mas que agência graciosa! Era isso mesmo que eu pensava quando trabalhava lá, mas o que me encantava mesmo, de verdade, era o café da manhã diário. Todos os dias havia na copa uma mesa com pães, café, leite e manteiga (manteiga mesmo). Até aí... normal; em outras agências nas quais trabalhei também havia essa generosidade; só que ali na Leo tinha um diferencial, além do pão francês: havia também o pão integral. Aquele pãozinho no mesmo formato do pão francês era uma coisa deliciosa que eu saboreava todas as manhãs. Uma graça!


Não tinha nada a ver com as obrigações trabalhistas da empresa - ela já servia o pão normal, leite e café. Não tinha nada a ver com vale-refeição nem salário. O que me chamava atenção em tudo isso, e ainda hoje, é que não havia necessidade daquela fartura no café da manhã e nem em tantos outros eventos. 


Eu me lembrei disso hoje quando fui à padaria dentro do Supermercado Guanabara e vi o pãozinho francês integral. O preço é um pouco maior do que o do pão francês normal. Levei. E enquanto devoro os seis pãezinhos, lembro que eu sempre chamava esse pãozinho de “Plus”.

PLUS é uma palavra de origem latina que significa MAIS (PLUS ULTRA = MAIS ALÉM). Não use a expressão ‘um Plus a mais’. Ela é redundante.” (do Google). O “Plus” pode ser algo que traz alegria a mais, um favor a mais, algo dado não por merecimento, mas para complemento de algo que foi dado anteriormente.

As bênçãos de Deus são diárias e Ele as renova e traz soluções novas para cada dia. Hoje é um novo dia e eu trago um novo convite para você descansar em Cristo e receber o “Plus” não merecido que Deus nos concede. 


Junho está indo, vem aí um período farto de bênçãos para mim e para você. Que tudo hoje seja novo. “Quem está unido com Cristo é uma nova pessoa; acabou-se o que era velho, e já chegou o que é novo.” (II Coríntios 5:17).

Mas este pãozinho integral é mesmo uma delícia... Não tem manteiga, vai margarina mesmo. E eu preciso contar aos meus oito leitores como foi que eu adquiri uma fome imensa...