terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

NA TEMPESTADE


NA TEMPESTADE
Airton Sousa - Paciência – Rio de Janeiro

Seu nome estava na minha lista de prioridades Assim que fosse a São Paulo almoçaria com o Wagner. Esse almoço nunca aconteceu, pois demorei a ir a São Paulo. Wagner morreu em novembro de 2016.

Um mês antes, Wagner mandou uma mensagem dizendo que tinha parado de beber, que tinha arrumado um emprego e que estava bem com sua família; e que só faltava eu por perto para presenciar seu novo momento de vida.

Depois fiquei sabendo que ele não conseguiu manter-se sóbrio nem conseguiu se afastar das confusões por muito tempo. Passado alguns meses e poucos dias, ele já estava novamente envolvido em suas tempestades pessoais, talvez criadas por ele mesmo. E numa dessas noites de muito álcool sua vida foi interrompida bruscamente.

Realmente eu não entendo. O corpo de Wagner foi reconhecido por acaso, no IML, seis dias após sua morte.

Acabei de chegar da reunião da base G148 (G148 é o nome do grupo de jovens do qual eu participo, na minha igreja) e conheci uma moça que tentou o suicídio nesta semana... Ela me contou das suas tragédias e medos e descreveu seus momentos de desespero. Eu orei com ela.

Para todos os lugares por onde olho estão acontecendo essas tempestades pessoais. Jovens morrendo, adolescentes tentando o suicídio, corações quebrados, noites solitárias. Vidas se despedaçando, todos numa competição barulhenta.

Foi numa dessas tempestades que, confuso, Wagner olhou para um lado e para outro e se perdeu no caminho, caindo do penhasco direto para a escuridão da morte. No meio dessas tempestades Juliana tenta se salvar, ainda que de um jeito triste e inseguro, mas hoje eu pude lhe falar que Deus acalma qualquer tempestade.

Você lembra quando Jesus acalmou uma tempestade? As ondas eram imensas, encobriam o barco assustando os próprios discípulos - logo eles, pescadores profissionais acostumados às grandes tempestades em alto mar. Dessa vez não era uma tragédia qualquer. Era uma catástrofe tremenda da qual eles não tinham certeza se sairiam com vida.

Jesus estava dormindo na parte traseira do barco, com a cabeça numa almofada. Então os discípulos o acordaram e disseram:
— Mestre! Nós vamos morrer! O Senhor não se importa com isso?
Então Ele se levantou, falou duro com o vento e disse ao lago: 
— Silêncio! Fique quieto!
O vento parou, e tudo ficou calmo.
Aí ele perguntou: 
— Por que é que vocês são assim tão medrosos? Vocês ainda não têm fé?

É preciso crer que Deus acalma as tempestades. Ele fará o que for preciso pra que estejamos seguros. Sua bondade não tem fim, seu amor é sem limites.

Eu preciso dizer isso a você, antes que você se envolva demais com o perigo.

Jesus Cristo é a maior chance.


Ele conduzirá você no meio da sua tempestade, Ele acalmará sua noite mais escura e aquecerá você no seu dia mais frio.

Perdi um amigo, mas existem ainda muitos outros se debatendo em meio às águas tumultuadas desta vida. Para cada um deles, eu gostaria de dizer: Confia em Deus.


segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

AOS AMIGOS, SEMPRE A GRATIDÃO


AOS AMIGOS, SEMPRE A GRATIDÃO
Maria Paula Guimarães - Niterói-RJ

Dizem por aí que “amigo meu não tem defeito; inimigo, se não tiver, eu ponho”. Isso porque, a despeito dos milhões de defeitos que tenham nossos amigos (por serem humanos como nós), eles têm esse dom admirável e inexplicável de nos dedicar seu amor sincero.

A Bíblia diz que há amigos mais chegados que irmãos (Provérbios 17:17). E se há! Nesta vida, tenho a bênção de ter vários deles, espalhados pelo Brasil e pelo mundo, sendo morada do meu coração em tantos lugares. Os amigos são minha certeza – das poucas que tenho. Certamente, amo.


O fato de amar não impede, porém, a partida de amigos. Em alguns sentidos. Às vezes, porque viajam pra longe e, outras, infelizmente, porque decidem ir. Porque nessa relação também tem disso. A gente magoa as pessoas. As pessoas magoam a gente. A gente sofre. Sofre um monte, perdoa e espera o tempo curar o resto. E a gente espera ser perdoado também, porque quando eles se vão, vai-se um pedaço nosso e fica a difícil e dolorosa decisão de amar. De olhar pra dentro da gente e reconhecer que errou e, sobretudo, que o outro tem direito de estar chateado.

Sim, às vezes, eles decidem ir (fisicamente ou não). E a gente precisa decidir amar e entender que, embora outros possam aparecer, jamais substituirão aqueles. Vida adulta, queridos. Não é pra leigos. Queria ter treinado antes. Não me deram tempo. Mas, mesmo assim, nosso coração é aquecido por outros corações generosos que aparecem em momentos pontuais da nossa história.

E ainda tem gente que diz que “amigo se conta nos dedos”. Mas só se for de uma única fase da vida. Porque da vida inteira, não dá pra contar, não! E o carinho não diminui. Um pedaço deles sempre fica. 

Como é bom ser feito de gente!


domingo, 26 de fevereiro de 2017

TOC, TOC!



TOC, TOC!
Pamela Henriques Moreira – Angra dos Reis/RJ

Quantas coisas fantásticas nos acontecem diariamente? 1, 2, 3... nenhuma? Quantas maravilhas aconteceram ou acontecem em nossa vida?

“São muitas, Senhor, Deus meu, as maravilhas que tens operado e também os teus desígnios para conosco; ninguém há que se possa igualar contigo. Eu quisera anunciá-los e deles falar, mas são mais do que se pode contar.” Salmos 40:5

Será que, assim como o salmista, podemos dizer que são tantas maravilhas que fica difícil de contar? Talvez enxerguemos que, pelo simples fato de estarmos vivos, respirando, isso é uma das maravilhas de Deus e que Ele se encontra nos detalhes, nos pequenos detalhes de nosso viver.


Talvez você nem acredite que há um Deus, muito menos um Salvador. Talvez os desgostos desta vida façam você desacreditar que há Alguém que se importa tanto assim com você a ponto de morrer numa cruz. Mas há um Deus que se preocupa e que apenas quer seu coração.

“Os outros discípulos lhe disseram: ‘Vimos o Senhor!’ Mas ele lhes disse: ‘Se eu não vir as marcas dos pregos nas suas mãos, não colocar o meu dedo onde estavam os pregos e não puser a minha mão no seu lado, não crerei.’. Uma semana mais tarde, os seus discípulos estavam outra vez ali, e Tomé com eles. Apesar de estarem trancadas as portas, Jesus entrou, pôs-se no meio deles e disse: ‘Paz seja com vocês!’ E Jesus disse a Tomé: ‘Coloque o seu dedo aqui; veja as minhas mãos. Estenda a mão e coloque-a no meu lado. Pare de duvidar e creia.’. Disse-lhe Tomé: ‘Senhor meu e Deus meu!’” João 20:25-28

Pela fé, Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício do que o irmão, Caim. Pela fé, Enoque foi transladado para não ver a morte. Pela fé, Abraão obedeceu quando foi chamado. Pela fé, Sara foi mãe em avançada idade (Hebreus 11).


“E Jesus lhes disse: Por causa de vossa incredulidade; porque em verdade vos digo que, se tiverdes fé como um grão de mostarda, direis a este monte: Passa daqui para acolá, e há de passar; e nada vos será impossível.” Mateus 17:20

Ter a certeza de que Deus está presente em minha vida, seja nos momentos felizes ou nos tristes, me dá paz. E me dá paz saber que essa vida não é a melhor que Deus tem a nos oferecer.

Acredite, Deus quer entrar na sua vida!

“Eis que estou à porta, e bato; se alguém ouvir a minha voz, e abrir a porta, entrarei em sua casa, e com ele cearei, e ele comigo.” Apocalipse 3:20

Abra seu coração e deixe Jesus entrar e veja todas as maravilhas que Ele já fez e ainda fará em sua vida!

sábado, 25 de fevereiro de 2017

INABALÁVEL

INABALÁVEL
Jackson Valoni – Angra dos Reis/RJ

Minha tia está muito doente. Procuro encontrar razões que justifiquem esse momento difícil da vida dela. Ela está com câncer e recentemente fez sessões de radioterapia que, infelizmente, agravaram o estado da sua saúde. Agora ela faz quimioterapia.

Minha igreja tem orado por ela, em três horários pré-definidos. A oração tem poder.

Há poucas semanas meu primo me visitou e falou sobre a fé da nossa tia, que parece ser inabalável mesmo diante de um quadro clínico tão grave. Durante as visitas que meu primo faz a ela, sempre é lido algum versinho bíblico que conforte e dê esperança. No momento da leitura, minha tia fecha os olhos, ergue as mãos pro céu, como se estivesse convicta de que Deus não a desampararia.


Não se questiona a fé - a gente se admira e aprende com ela.

Minha tia está com 35kg, há alguns dias ficou com pneumonia (já se curou), fez traqueostomia, se alimenta por sonda, teve parte da língua retirada e está impedida de falar. A fé dela nos causa constrangimento.

Eu mesmo, que sou saudável, fisicamente, muitas vezes não encontro essa força que minha tia deposita em Deus. Isso é constrangedor pra mim.

Mesmo com minha fé débil, Deus pede pra eu ser "perfeito" (Mateus 5:48) e "santo" (I Pedro 1:16). Como?

"Conservemos os nossos olhos fixos em Jesus, pois é por meio dele que a nossa fé começa, e é ele quem a aperfeiçoa. Ele não deixou que a cruz fizesse com que ele desistisse. Pelo contrário, por causa da alegria que lhe foi prometida, ele não se importou com a humilhação de morrer na cruz e agora está sentado do lado direito do trono de Deus." Hebreus 12:2
A lembrança do sacrifício de Jesus por mim me faz perceber que sou importante pra Ele. Minha tia é especial pra Deus, e a fé dela me mostra que as promessas do meu Deus vão se cumprir. A alegria de saber sobre o lugar que Ele tem preparado pra mim me motiva a buscar mais sobre o meu Deus, o único capaz de santificar alguém.



sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

HÁ SEMPRE UMA MANEIRA DE TORNAR A VIDA MELHOR



HÁ SEMPRE UMA MANEIRA DE TORNAR A VIDA MELHOR
Denize Vicente – Rio de Janeiro - Cidade Maravilhosa
 
Era um dia de domingo. Sol de verão. Aquele calor de 70 graus do Rio de Janeiro. “Eu podia estar matando, eu podia estar roubando...” Não, pera. Eu podia estar na praia, eu podia estar dormindo, eu podia estar na rua, mas eu ‘tava sentada no escritório lendo um pouco.

Telefone tocou. WhatsApp.

Na boa, gente! Como se recebe mídia pelas redes sociais! Cada vez mais. São gifs engraçadinhos, memes divertidos, vídeos chatos e dispensáveis e, de vez em quando, alguns incríveis e indispensáveis. Confesso que não consigo ver todos os vídeos que me mandam; mas as chances aumentam quando junto com eles vem um recadinho pessoal, no meu nome, dando uma dica do que tem ali. É que não dou conta mesmo de ver tudo.


Mas aí, naquele domingão de verão, eu de boa, lendo “O Evangelho Segundo Maria”... meu amigo me manda um vídeo pelo WhatsApp e eu abro pra ver

E foi assim que eu chorei...

Poizé.
Tenho certeza de que pelo menos uma vez na vida você já esteve diante de uma situação em que duvidou da sua capacidade de ir adiante. Vai ver isso é até uma coisa comum e natural pra você. O cara que olha pras suas limitações e acha complicado vencê-las. E aí se acomoda. Ou sobra de vítima das circunstâncias, como diria Lulu Santos, e se sente uma mola encolhida. Limitações humanas. “Não vai dar.” “Quem sou eu? Imagina!” “Não rola... pra mim não rola.” “Infelizmente não tenho como.”


Hoje eu queria que você se animasse. Sério. Aquela coisa de olhar pras suas limitações e se desafiar. Meter a cara. Encarar a vida de forma positiva e se superar. Você não consegue pular? Agarre-se, suba e depois desça. Não consegue correr? Caminhe o mais rápido que puder. É um começo. Não consegue nem caminhar? Arraste-se, mas não deixe de ir. Você não pode nadar até a outra margem? Vá boiando, boiando, e atravesse o rio. 

“Se você não puder ser um pinheiro
no topo da colina
Seja um arbusto no vale - mas seja
O melhor arbusto à margem do regato.
Seja um ramo, se não puder ser uma árvore;
Se não puder ser um ramo,
seja um pouco de relva
e dê alegria a algum caminho...
Se não puder ser uma estrada,
Seja apenas uma senda
(...)
Não é pelo tamanho que você vence ou fracassa -
Seja o melhor do que quer que você seja.”

"Eu posso fazer tudo por meio daquele que me dá força."
(Filipenses 4:13)

Mas se você tá naquela fase boa, nada de mola encolhida, sentindo-se forte... essa é a sua hora! Hora de ajudar aquele que por conta das suas próprias limitações acha que pode pouco, ou mesmo nada. Faça alguma coisa por alguém. Serve qualquer coisa que o ajude a ter uma vida mais feliz, mais saudável, mais intensa. Era isso o que Jesus fazia. O exemplo que Ele deixou. Faça o mesmo. Faça alguma coisa.

Porque “há sempre uma maneira de tornar a vida melhor”.


video


Vídeo sem legendas: