quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

VALENTINE'S DAY

VALENTINE'S DAY 
Cah Baptista – Texas - USA

Oi pessoal, tudo bem com vocês?!

Faz dois dias que comemoramos, aqui nos Estados Unidos, uma data muito famosa no mundo inteiro - o “Valentine's Day”. Como a maioria dos feriados, essa comemoração teve início com a Igreja Católica e, com o tempo, foi adquirindo características comerciais. Hoje em dia, pouquíssimas pessoas consideram de fato o real significado desse dia, mas, sim, as "atribuições" que foram adquiridas com o passar dos anos.

Na prática, funciona mais ou menos assim: acabou a comemoração de ano novo, toda a decoração das lojas se transforma em vermelho e rosa. Corações são espalhados por todos os cantos e pelo menos dois meses antes você já sabe que não pode se esquecer de comprar alguma coisa para as pessoas especiais da sua vida. Sim, a maior diferença entre o Valentine’s Day e o Dia dos Namorados, do Brasil, é que aqui você pode presentear qualquer pessoa, não necessariamente o seu namorado/namorada. As escolas estimulam as crianças a escreverem cartões e presentear seus amiguinhos com pequenas lembranças. Todo mundo espera receber alguma coisa nesse dia e dizem que é bem chato quando você não recebe.

Outro dia fui ao mercado e vi uma ideia sensacional: ao lado dos buquês de flores tradicionais, havia incríveis buquês de chocolate!! (ideia maravilhosa!! Hahaha!!).  E tinha mais: ursos de pelúcia, caneca com chocolate, almofadas fofinhas, e outras diversas opções de presentes para agradecer ou para lembrar à pessoa o quanto ela é especial na sua vida. Na primeira vez que eu vi a decoração de Valentine's Day fiquei encantada - apesar de ter pensado: "mas, já?!" - porque é difícil não se "apaixonar", com tanta coisa fofa. Mas vou falar uma coisa, em “carioquês”: depois da terceira ida ao Wal-Mart tu já não aguenta mais tanto vermelho e rosa!!

A questão é que as pessoas ficam tão ansiosas para que esse dia chegue que simplesmente esquecem que poderiam demonstrar carinho em todos os outros 364 dias do ano. Muitas pessoas concentram toda sua dose de fofura em apenas um dia. O que me deixa triste - talvez não triste, exatamente, mas um pouco desapontada - é que cada vez mais as pessoas estão robotizadas, agindo apenas de acordo com datas especiais e não de acordo com o que elas realmente sentem...

Por outro lado, podemos ser otimistas e ficar felizes porque, pelo menos uma vez no ano, no meio de tanta correria, tantos afazeres e horários apertados, conseguimos dedicar um tempo para aquelas pessoas que nos são especiais!

Hoje eu queria fazer um convite pra você que está no Brasil ou em qualquer outra parte do mundo. Não espere datas especiais para dizer que você ama quem ama, não espere que o comércio lembre o quanto essas pessoas são especiais pra você... Faça isso todos os dias! É tão bom saber que pessoas amam a gente! Por que, então, não falar isso para aquelas que a gente ama?

Eu desafio você a escolher cinco amigos. Escreva um cartão bem bonito e envie para eles. Escreva seu verso bíblico favorito e fale que está orando por ele (e ore de verdade!).


Isso vai fazer bem pro seu amigo e, principalmente, para você!

Um beijo e até semana que vem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!