quinta-feira, 9 de fevereiro de 2017

HAJA PACIÊNCIA!

HAJA PACIÊNCIA! 
Carina Baptista – Texas/USA

Oi pessoal, tudo bem com vocês?!

Uma das coisas mais difíceis nos dias de hoje é ser paciente. Estamos tão acostumados com respostas espontâneas e processos simplificados que não aceitamos muito bem quando temos que esperar. Outra coisa difícil de se fazer é manter a calma em situações em que a vontade é bater no primeiro que aparecer...


Pensei sobre escrever este texto há um mês, mais ou menos. Eu achava que estava no meu limite de paciência quando a criança que eu tomo conta pela terceira vez não me escutou e me desobedeceu. Ela estava colocando a segurança dela em risco. Fiquei muito nervosa ao ponto de quase chorar. Respirei fundo, pedi forças a Deus, contei até 10, e fui ficando melhor. 



Tem hora que eu penso: "O que eu estou fazendo aqui?!".

Uma amiga me disse que se a gente não melhorar o Inglês... pelo menos vai ser uma pessoa mais paciente. É verdade! Aqui, ser paciente é uma questão de sobrevivência. Estamos longe de casa, da família, dos amigos, e qualquer coisinha é motivo pra ficar triste.

Todo o processo deste Intercâmbio é um teste de paciência, na verdade. Este aqui não é do tipo que você paga e vai. Antes de ir tem que conseguir passar algumas muitas horas com crianças, comprovar documentalmente todas essas horas, apresentar uma série de documentos, esperar que a documentação seja revisada e aprovada pelas agências do Brasil e dos Estados Unidos, esperar ser escolhida por uma família, esperar o dia de conversar com a família que vai receber você, esperar o tão sonhado “match” (fechamento da parceria família/intercambista), esperar o visto, o embarque, o treinamento, esperar o dia de chegar à casa da família e, por fim... esperar o ano acabar. Hahaha!


Aqui, precisamos ser pacientes, no sentido de ter calma para agir e de respeitar o tempo das coisas.

Uma das minhas amigas estava tão chateada, esses dias, ao ponto de dizer que não via hora de voltar pra casa. Falei pra ela não contar os dias que faltam para voltar, mas, sim, aproveitar os dias que ainda tem aqui, porque, querendo ou não, eles vão passar rápido.

E passam mesmo! 

Gente, eu estou com 26 anos!!! Faz quatro anos que me formei na Faculdade. Ano que vem, 10 anos que me formei no Ensino Médio. O tempo passa tão depressa, que a melhor coisa que podemos fazer para nós e para os outros é ser mais paciente.

Busque meios de acalmar o seu coração. Converse com amigos, converse com Deus (sim! Ele pode ser contado como “amigo”!). Viva um dia de cada vez sem perder o foco na eternidade. Viva de forma leve e veja beleza em cada detalhe.

Escrevi este post porque precisava lembrar a mim mesma que se eu não for paciente não vou viver da melhor forma que eu poderia viver; e é claro que eu precisava dividir isso com você. 
Espero que ajude.

E pra finalizar gostaria de deixar dois versos da Bíblia, sobre esse assunto, dois versos que gosto muito:

Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplica, com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. (Filipenses 4:6)

Sejam completamente humildes e doces, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor. (Efésios 4:2)

Um beijo e até semana que vem!!

Um comentário:

  1. Paciêcia!! Coisa difícil de se ter...Amei o texto !!

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!