quarta-feira, 5 de julho de 2017

FÉRIAS FRUSTRADAS (1983)




FÉRIAS FRUSTRADAS (1983)
João Octávio Barbosa – Bento Ribeiro City - RJ

Ah, como eu adoro falar sobre clássicos vespertinos da televisão aberta brasileira!... Depois dos sucessos de “Lagoa Azul”, “Um Príncipe em Nova York”, e “Meu Primeiro Amor”, hoje é o dia do filme que faz todo mundo se lembrar do Chevy Chase.


A escolha é óbvia e muito pessoal. Estou entrando de férias hoje! Não consigo deixar de contar isso para todo mundo. Os textos vão continuar saindo aqui, toda quarta, normalmente. Para quem não sabe nosso trabalho aqui é voluntário. Minha labuta é em firma, horário comercial, de segunda a sexta como todo bom trabalhador. Não trabalho aos sábados, em virtude de Êxodo 20:8.

Pois bem, se meu chefe cumpriu o acordo (a gente escreve aqui com alguma antecedência, então eu, agora, escrevendo, estou em 13/06/17), estarei neste momento (tempo em que você está lendo) diboas, só torcendo para você gostar de se lembrar da aventura da família Griswold. Mas, para quem precisa de ajuda para estimular o cérebro, a síntese é a seguinte:


A família Griswold está de férias e resolve ir para o "Walley Park", um parque temático. O pai Clark (Chevy Chase), sua esposa Ellen (Beverly D'Angelo), e os filhos Audrey (Dana Barron) e Rusty (Anthony Michael Hall) pegam a longa estrada de Chicago até a Costa Oeste. No meio do caminho, encontram com o primo Eddie (Randy Quaid) e a tia Edna (Imogene Coca), e acabam tendo que levá-la até Phoenix. Mas até os Griswold chegarem ao parque muitas confusões acontecem.¹     

Evidentemente, eu espero que minhas férias não sejam frustradas. O pobre Clark teve que aturar poucas e boas para fazer a sonhada viagem em família. Quanto mais complexos forem os planos para as suas férias, maior a chance de dar errado. Eu planejo ficar mais no meu cantinho mesmo.

Uma das coisas mais importantes sobre viagem de férias é o local em que vamos ficar. Ter um lugar preparado para descanso é o sonho de quase todo mundo. Interessante pensar que todos nós temos uma reserva feita para passarmos longas e inesgotáveis férias, mas a maioria das pessoas nem sabe disso!

Na casa de meu Pai há muitos quartos; se não fosse assim, eu teria dito a vocês. Vou preparar-vos lugar para ficar.
João 14:2

Pois é. Essas palavras são de Jesus. Ele já preparou uma pousada nota 10 para você ir morar logo depois desta vida aqui. Basta a cada um de nós querermos ir.


SPOILER FINAL. A família Griswold surgiu para nos divertir com a desgraça alheia, ao mesmo tempo em que mostrou que nossos planos iniciais podem ser frustrados, e mesmo assim a gente ter a sensação de que as coisas deram certo, não da nossa maneira, mas dentro do Plano Mestre de Deus.

Um ditado interessante diz: “Quer fazer Deus rir? Conte seus planos a Ele.” É certo que nos próximos 30 dias eu vou me frustrar com muitas coisas que não sairão como o planejado. Mas, é a vida... Deus sabe e eu não.

O mais importante virá mais tarde, na volta de Jesus, quando eu for recompensado, se Deus assim julgar, com a morada celestial que citei ali em cima. Até porque, mais importante que o lugar, será a companhia de Jesus.

E quando eu for, e vos preparar lugar, virei outra vez, e vos levarei para mim mesmo, para que onde eu estiver estejais vós também.
João 14:3

PS: “...E vos levarei...”. Essa pousada tem até translado!


Não peço que concordem, espero que reflitam!


____________________________


Referência:

  1. http://www.adorocinema.com/filmes/filme-30724/ - acessado em 13/06/2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!