terça-feira, 25 de julho de 2017

CRENÇAS - 16


CRENÇAS - 16
Airton Sousa – Direto de Florianópolis Paciência

Exatamente quando escrevia o texto de hoje, recebi um comentário de que meus textos estavam sérios demais, que eu deveria voltar a escrever daquele jeito descolado de sempre, e que eu não deveria encarar isto como uma crítica e, sim, como uma sugestão.

Opa, já tenho como começar o texto de hoje, que trata da 16ª crença.

Como você recebe uma crítica? Quando dizem que você está gordo demais e precisa emagrecer e você fica vermelho de vergonha com o comentário que é para o seu próprio bem... Quando os professores da escola ou da faculdade ignoram seus esforços para apresentar um bom trabalho... Quando sua namorada termina com você... Quando seu marido a abandona ou troca você por outra... Quando seu chefe o demite inexplicavelmente... Quando somos traídos por nossos amigos... E quando a tragédia chega à sua família, causada por outros?

Tudo isso magoa, mesmo quando as pessoas não agem deliberadamente.

Uma vez, um amigo me procurou para contar sobre uma conversa séria que teve com um desafeto, e me disse: “Acabei com ele. Coloquei ele no chão, acabei com ele.”.

Dizem que a vingança é um prato que se come frio. Estava pensando sobre isso, outro dia, e pensei: Que coisa mais sem propósito! Que graça tem um prato frio?

Mas Jesus tem uma ideia melhor.

Uma noite antes de Ele morrer, reuniu seus doze seguidores em um lugar no cenáculo para a Páscoa dos judeus (Pessach). “Ele levantou-se da mesa, tirou sua capa e colocou uma toalha em volta da cintura. Depois disso, derramou água numa bacia e começou a lavar os pés dos seus discípulos, enxugando-os com a toalha que estava em sua cintura.” (João 13:4,5).

Eu não sou fã de pés. Pés são malcheirosos, são feios... Jesus ajoelhou-se e começou a limpar a sujeira dos pés deles.

E Judas, o traidor, Jesus não vai lavar os pés dele, vai?

Jesus lavou!



Ele lavou primeiro; agora Ele diz: pegue a sua toalha e lave os pés daqueles que magoaram você. E você, que já está com os pés molhados, lava os pés do seu semelhante. Como se você fosse um servo e não um patrão. Isso é a essência do evangelho. Isso é graça, e onde há graça há perdão. Isso é melhor do que um prato frio, sem graça. A graça sabe que existe a mágoa, mas ela escolhe o perdão e não deixa envenenar seu coração.
 


Enquanto comiam, Jesus tomou o pão, deu graças, partiu-o e o deu aos Seus discípulos, dizendo: "Tomem e comam; isto é o meu corpo". Em seguida tomou o cálice, deu graças e o ofereceu aos discípulos, dizendo: "Bebam dele todos vocês. Isto é o meu sangue da aliança, que é derramado em favor de muitos, para perdão de pecados.”. (Mateus 26:26-28)


A santa ceia do Senhor é uma das crenças fundamentais da igreja Adventista, da qual faço parte. A cerimônia do lava pés e distribuição do pão e vinho são os emblemas que nos lembram do sacrifício de Jesus Cristo por nós.

Eu me emociono cada vez que participo dessa cerimônia. Embora esteja muitas vezes afogado em um monte de problemas, no meio dos meus erros e enganos, eu flutuo no perdão e na graça de Jesus cada vez que tomo parte com Ele dessa santa ceia e me lembro do dia que Ele estendeu Seu braço, tocou-me e organizou toda a bagunça que havia dentro de mim.

Eu sou feliz por participar disso.

Quem disse que não pode acontecer o mesmo com você?

Então, venha comigo! Você tem um lugar à mesa.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!