sábado, 19 de dezembro de 2015

PRESENTE


PRESENTE
(por Jackson Valoni)

Ela ainda não comentou, mas se Vovó Maria me der algum presente de Natal, será um pijama. Às vezes, durmo uniformizado por causa dela. Não reclamo, é apenas uma curiosidade que me veio à mente agora.

Vou participar de um amigo oculto e o pessoal combinou de dar canecas. Não sei quem, além do Airton, vê graça em ganhar copo.

Acho difícil dar presente, e acho chato ter que trocar a roupa por um número diferente, ou por outra estampa menos sem noção.

Quando se trata de dar presente, sempre penso em presentear o que eu gostaria de receber. Por isso dei 7 livros de uma só vez pra Pamela, e um bonequinho maneiro do Kinder Ovo repleto de chocolates pra minha irmã. Também dei um pula-pula pra Luíza, de 1 ano de idade, na época; um quadro negro pro Pedro, no aniversário de 4 anos dele; um cd em hebraico pra minha sogra; e um carrinho de madeira pro meu pai.

É verdade. Não sou muito convencional com presentes e isso deve ser genético, porque minha mãe já me deu bonequinhos de dinossauro certa vez em que andava em Madureira e meu pai já me deu um esqueleto de 1,20m, aproximadamente.

Enfim, de qualquer forma, acho que meu lado sóbrio está certo quando diz que não tem nada a ver dar caneca como presente de amigo oculto.

"Entrando na casa, viram o menino com Maria, sua mãe. Prostrando-se, o adoraram; e, abrindo os seus tesouros, entregaram-lhe as suas ofertas: ouro, incenso e mirra." (Mateus 2:11)

Um menino nos nasceu (Isaías 9:6) e algum presente era preciso. Reis do Oriente (Mateus 2:1) souberam da notícia que o profeta Miqueias havia escrito cerca de oito séculos antes. (Miqueias 5:2; Mateus 2:6)

"(...) e o Seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz". (Isaías 9:6)

Então os ilustres visitantes visitaram o ilustre menino. Levaram consigo ouro, incenso e mirra. Anjos cantavam, o Céu estava feliz, o plano para redimir os pecados da humanidade estava, enfim, sendo posto em prática. Céus em êxtase, Maria e José com o pequeno Jesus naquele lugar destinado a animais, e reis deixando toda a grandeza dos seus reinos para adorar o Salvador.

O ouro demonstrava a realeza de Jesus, Aquele que é capaz de renovar todas as coisas como o ourives que purifica o ouro e lhe retira as impurezas.  (Malaquias 3:2,3)

O incenso era usado como aroma agradável diante de Deus e fazia parte da oferta de manjares, que era uma oferta de gratidão (Levítico 2:1-16). Ofertas de gratidão chegam aos Céus com aroma suave.

"E graças a Deus, que sempre nos faz triunfar em Cristo, e por meio de nós manifesta em todo o lugar a fragrância do seu conhecimento. Porque para Deus somos o bom perfume de Cristo, nos que se salvam e nos que se perdem." (II Coríntios 2:14,15)

Assim, o incenso representava a divindade de Cristo, pois toda a Sua vida em forma humana seria agradável a Deus, elevaria aos Céus o aroma suave de seus atos perfeitos e irrepreensíveis.

"Suba a minha oração perante ti como incenso, e as minhas mãos levantadas sejam como o sacrifício da tarde". (Salmo 141:2)

A mirra, que é uma erva de gosto amargo, representava os sofrimentos pelos quais Jesus passaria. A mirra também foi utilizada no corpo de Jesus após sua morte de cruz (João 19: 39,40). Essa substância, utilizada para preservar cadáveres, foi dada de presente ao meu Deus. O sofrimento que Ele passou não se compara a nenhum outro.

A primeira vinda de Jesus foi difícil. Foi do ouro à mirra, viveu transmitindo o bom aroma suave ao Pai, para salvar a humanidade que agora volta os olhos a Ele em um feriado.

Presentes e lembranças serão trocados. Que neste Natal você possa reconhecer que o maior presente que Deus pode lhe dar é a Salvação e a vida eterna em um lugar especial que Ele mesmo tem preparado. 

 ______________________


 

3 comentários:

  1. Eu gosto muito de canecas..hahahahaha Muito bom o texto!! ;)

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de canecas..hahahahaha Muito bom o texto!! ;) [2]


    Ta ficando sozinho... ta na hora de mudar seus conceitos!! rsrsrsrs

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!