sexta-feira, 6 de maio de 2016

O MEU CÉU

O MEU CÉU
Por Jackson Valoni

No teto do meu quarto, há uns 15 anos, tinha alguns adesivos com formato de estrelas, satélites e planetas; à noite, quando se apagava a luz, os adesivos brilhavam.

No meu quarto, à noite, eu olhava pra cima e imaginava o céu sobre o teto com as figurinhas. Na época, meu pai tinha prometido me dar um telescópio (tô esperando até hoje) e aqueles adesivos fluorescentes enfeitavam minha mente. Aí, quando meus pensamentos, olhando aqueles corpos celestes de plástico, ficavam chatos demais, eu orava e ia dormir.


Antes de dormir, a grande distração era a oração, porque eu batia aquele papo com Deus e, às vezes, eu devia deixá-lo meio que falando sozinho, porque eu dormia durante a oração.


Jesus é apresentado na Bíblia, dormindo, uma vez só - durante uma tempestade (Mateus 8:23-27).

Ele estava dentro de um barco que era "varrido pelas ondas" enquanto Ele dormia. Foi acordado pelos discípulos e, de forma mansa, mas em tom de alerta, falou como se estivesse suspirando: "Homens de pequena fé...".

Mas o grande momento surge logo em seguida: Jesus acalma a tempestade com Sua palavra.


O grande objetivo do cristão é ir para o Céu. Mas a gente já pode ter um vislumbre da Terra Prometida quando percebemos que não existe tempestade da qual nosso Jesus não possa nos salvar. Jesus transforma, cria soluções, faz brotar esperanças, mostra Seu amor por meio de Sua Palavra.

O Céu será aqui, quando, humildemente, depositarmos nossas lutas nas mãos de Deus. Assim, nosso sono estará seguro nos braços do Criador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!