domingo, 22 de maio de 2016

EXCELÊNCIA

EXCELÊNCIA
Por Pamela Henriques Moreira

Quando eu era criança, já na época da escolinha, as professoras (mais conhecidas como “tias”) tinham o costume de dar estrelinhas para os bons trabalhos e lições bem feitas. Quando crescemos, passamos a ter mais responsabilidades e preocupações, e as dificuldades aumentam. Eu costumava ser boa aluna na escola, no ensino técnico, até mesmo na faculdade; porém, nesse período o meu rendimento caiu um pouco, já que dispunha de menos tempo para estudar, por já estar trabalhando, na época.

Um dia antes de eu escrever este texto, estava passando um documentário sobre a vida do atual papa, o Francisco. Antes de sua decisão de se tornar Padre, ele trabalhava como Técnico em Química, na mesma área em que trabalho, atualmente. Em uma ocasião, ele levou os resultados de algumas análises à sua supervisora. Quando indagado sobre os resultados de um último lote, ele respondeu que, como os lotes anteriores apresentaram resultados satisfatórios, julgava que o último também estaria bom, sem nem mesmo analisar. Ele era jovem e inexperiente, mas que bom que sua supervisora apresentou a ele a dúvida - e se aquele lote não estivesse bom? Bem, ele parece ter entendido, e ela ainda completou dizendo para ele pensar nisso quando fosse um médico (grande desejo de sua mãe), pois um erro poderia custar uma vida.

Interessante pensar na importância que cada trabalho exerce na sociedade e o quanto é imprescindível executá-los de forma correta. Eu trabalho, atualmente, em uma usina nuclear. Imagine se eu não fizer meu trabalho corretamente? Quão grave será?



Aquele que executa a menor ação, seja no trabalho ou em casa, deve pensar nas consequências. E se, ao varrer o chão, eu deixar algo cortante no caminho e alguém se machucar? E se um médico fizer mal seu trabalho, seja por negligência, imprudência ou imperícia? E se em minhas análises eu passar resultados errados? Que mal podemos fazer ao nosso próximo, à sociedade ou ao meio ambiente?

"Porque Deus há de trazer a juízo toda obra e até tudo o que está encoberto, quer seja bom, quer seja mau." Eclesiastes 12:14

"E, tudo quanto fizerdes, fazei-o de todo o coração, como ao Senhor e não aos homens" Colossenses 3:23

Que tenhamos em mente quem é nosso Senhor e façamos nossos serviços com zelo, pois sabemos a quem servimos. Assim como na intenção da estrelinha da escolinha, tentemos alcançar excelência aos olhos do Pai, seja na vida pessoal ou profissional.



"Vós, servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne, com temor e tremor, na sinceridade de vosso coração, como a Cristo, não servindo à vista, como para agradar aos homens, mas como servos de Cristo, fazendo de coração a vontade de Deus; servindo de boa vontade como ao Senhor e não como aos homens, sabendo que cada um receberá do Senhor todo o bem que fizer, seja servo, seja livre." Efésios 6:5-8



3 comentários:

  1. Muito bom texto.Sinceramente eu torço pra vc fazer seu trabalho na usina nuclear com muita atenção e cuidado .

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode deixar, damos o nosso melhor! Rs

      Excluir
  2. Lembrei de uma aula que tive há pouco tempo, no qual a professora perguntou qual era a nossa missão e uma colega respondeu "servir e ser servida", achei genial aquela resposta;depois descobri q tínhamos os msm princípios religiosos.
    Parabéns pelo texto.

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!