terça-feira, 18 de agosto de 2015

SAUDADES DE VOCÊ

SAUDADES DE VOCÊ
(Por Airton Sousa)

Em julho participei da Semana de Oração dos Jovens da igreja que estou frequentando aqui no Rio. Foi uma semana de relacionamento renovado com meu Deus. Fui abençoado e tocado todas as noites. Eu me lembrei deste texto que escrevi em 2009... Um texto que fala de saudades e abraços:

De repente, tomou-se um rumo estranho. Coisas incomuns começaram a acontecer do nada, então resolvi que era hora de aparecer por lá, “rezar” um pouco. Precisava de paz interior, precisava relembrar valores importantes perdidos.

Sentei-me no último banco e fiquei a observar todos os movimentos. O silêncio reverente, a música, a palavra. De repente, na hora de ir embora dei de cara com Ele e vi que Ele me viu. Tentei passar de largo, quis sair correndo dali, mas me faltaram pernas e havia uma lágrima insistindo em deslizar pelo meu rosto.

- Como vai, amigão? Quase não o reconheci... esses cabelos brancos...
- Eu vou bem, e você?
- Também vou bem. Quanto tempo, né...?
- É... Você não mudou nada.
- Eu não mudo. Eu sou o mesmo de ontem, hoje e sempre. Esqueceu disso?
- É... Então blz, eu to indo embora, tenho um compromisso... Sábado eu volto...
- Saudades de você...!
- Como?
- Saudades de você!
- É...
- Saudades de você. É somente o que eu sinto. Eu preciso de você e não venha me dizer que não tem tempo!
- É que, realmente, não tenho tempo. Estou tentando...
- Eu sei de tudo. Você vai dizer que está tentando fazer tudo certo. Que você é um cara bom. Um amigão. Já sei de todas as suas teorias, suas práticas. Você diz que não precisa vir aqui para fazer as coisas certas.
- É verdade...
- Não. Não é verdade. Nós sabemos que não. Como pode fazer tudo isso sem mim? Você está vazio. Você nem me procura mais...
- É que...
- Escuta, amigão, quero mais que apenas vê-lo de vez em quando. Meu coração sangra de saudades de você.
- ... me dá um abraço?

E saí dali correndo, chorando de saudades do menino que havia aqui dentro e se foi perdido pela selva de pedra.
E foi nessa canção que me lembrei de um Deus que sente saudades de mim.

(Texto escrito em 2009, baseado na música de Larnelle e Phil Mchush, cantada em Português por Luiz Claudio e Anderson Cesar).

4 comentários:

  1. Essa música?

    http://letras.mus.br/luiz-claudio/1259951/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esta mesmo. tem a versão mais recente do Luis claudio com o cantor Felipe Carvalho. A musica é linda e emocionante.

      Excluir
  2. Que lindoooo.. amo esta música!! :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Linda mesmo, né Carina. É o tipo de musica que enternece o coração.

      Excluir

Participe também, comentando!