segunda-feira, 27 de julho de 2015

PERFEIÇÃO



PERFEIÇÃO
(Por Pamela H. Moreira)

"Se todas as pessoas neste mundo fossem narcisistas, não haveria inveja."

Vasculhando minha conta do Facebook, encontrei a pérola acima publicada por mim em 2012. Na época, era uma brincadeira entre amigos, mas confesso não me lembrar do motivo nem mesmo da origem da frase. A ideia não parece tão ruim se a gente pensar só na inveja... mas, e quanto à arrogância em virtude da extrema vaidade? Acabar com a inveja, substituindo-a por arrogância? Uma qualidade acompanhada de um defeito. Sei não!

Napoleão Bonaparte, falando sobre Jesus, disse uma vez: “Alexandre, César, Carlos Magno e eu fundamos impérios, mas em que se fundamentam as criações de nosso gênio? Na força. Somente Jesus Cristo fundou um império com base no amor, e neste exato momento milhões de pessoas morreriam por Ele" e continuou: "Só Cristo conseguiu conquistar de tal maneira a mente e o coração dos homens que para Ele não há barreiras de tempo nem de espaço. Pede o que o filósofo em vão busca de seus adeptos, o pai de seus filhos, a esposa do esposo; pede o coração... O maravilhoso é que Seu pedido é atendido! Todos os que sinceramente creem em Cristo experimentam esse amor sobrenatural para com Ele, fenômeno inexplicável, superior a possibilidades humanas... Isto é o que mais me surpreende; o que me faz meditar com frequência; o que me demonstra, sem dúvida alguma, a divindade de Jesus Cristo.”. 1

Ahhhh, o amor! Procurei definição de amor no dicionário e uma delas foi: "Sentimento que induz a aproximar, a proteger ou a conservar a pessoa pela qual se sente afeição ou atração; grande afeição ou afinidade forte por outra pessoa.".2 De todas as definições, gosto muito daquela descrita no Salmo 136 - por Seu amor durar para sempre, Deus faz muito por nós, nos protege, nos abençoa, é misericordioso. Dentro de meu limitado entendimento, consigo enxergar o quão distantes estamos de sentir um amor tão genuíno. Imagine nós, que temos dificuldades de desculpar um amigo por uma brincadeira sem graça, perdoarmos “todos os pecados do mundo”!3 

Gosto de falar do amor de Jesus por nós, não porque sou grande entendedora desse sentimento, mas porque toda a Sua palavra é baseada nisso. Vejo amor na Criação, em Seus ensinamentos, Suas leis e mandamentos, Sua morte, tudo é amor, pois Ele é amor4 e essa qualidade não vem acompanhada de defeito.

"E, sobre tudo isto, revesti-vos de amor, que é o vínculo da perfeição."
Colossenses 3:14

_____________________________________________
Referências:

1 - CHAIJ, Enrique. Ainda Existe Esperança: a solução para os problemas da vida, página 16, 1º edição, Tatuí, Casa Publicadora Brasileira, 2010 
3 - I João 3:5
4 - I João 4:8




4 comentários:

  1. Ah... o amor...
    O amor incondicional...
    Queria saber amar, pelo menos um pouquinho, como Jesus. Que inspiração!
    Obrigada pelo texto, que me fez refletir sobre a espécie de amor que devo ter para oferecer. Obrigada por me lembrar do amor de Jesus, nesta segunda-feira fria e cinza,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nada como o amor de Deus para nos aquecer e deixar os dias mais coloridos, né?

      Excluir
  2. Eu li o texto assim que foi publicado e como era madrugada ainda, não tive tempo de comentar. Eu também não entendo o amor de Deus, muito pelo contrário, eu acho assombroso pois este amor é muito mais do que a gente pode imaginar, ou supor, mas me coloco sempre debaixo deste amor mesmo não sendo merecedor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O amor de Deus transborda e mesmo sem entender, consigo sentir. Isso é perfeito!

      Excluir

Participe também, comentando!