segunda-feira, 13 de julho de 2015

CHOVE, CHUVA

CHOVE, CHUVA
(Por Sérgio Mafra)

São 19h30min e olho a janela molhada pela chuva que cai sem parar. Sempre tive especial interesse por esse fenômeno. Gosto de olhar pela janela os pingos caindo do céu e ouvir o barulho deles tocando o solo.

Sei que a chuva pode trazer muitos tormentos, principalmente em virtude de políticas erradas e ocupação desordenada do solo. Uma rápida busca aos jornais nos leva ao mês de janeiro de 1966. Dezenas de pessoas morreram e muitas outras ficaram desabrigadas naquele que foi considerado “o maior temporal de todos os tempos” (jornal O Globo – 11/06/1966). Como pode algo tão belo ser também tão devastador? Isso me leva a pensar que a chuva pode nos trazer muitas lições e proporcionar muitas reflexões interessantes. A que mais gosto é a de u’a música que eu aprendi a cantar quando criança e que guardo até hoje. Gostaria de compartilhar e espero que sirva pra você também. Boa semana e não esqueça: “Diante do nosso Deus, você é muito especial. Deus o ama assim como é você.”.


“Se algum dia você vir um pingo de chuva
a rolar da janela escorrer
Saiba então que não há
nenhum pingo de chuva
igualzinho ao outro, pode crer.

Não há outro igual a você
nenhum outro igual a você
Deus o ama assim como é você
Diante do nosso Deus
Você é muito especial
Deus o ama assim como é você

Olhe o mundo ao redor
Deus conhece o seu nome
Ele sabe quem você é
Cada qual Ele fez diferente um do outro
E pra Deus é como se houvesse só você.”

Um comentário:

  1. Pamela H. Moreira14 de julho de 2015 10:57

    "E pra Deus é como se houvesse só você ". Esta frase resume bem o amor e cuidado que Deus tem por cada um. Que eu nunca esqueça desse amor e que minhas atitudes e palavras sejam reflexos disso, que eu seja grata e fiel! Ótima semana!

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!