sexta-feira, 31 de julho de 2015

ESPELHO, ESPELHO MEU...


ESPELHO, ESPELHO MEU...
(Por Denize Vicente)

"Conta Camille Fiaux a história de um jovem que, decepcionado em seus amores, entregou-se a uma tristeza sem fim, lamentando-se, definhando, considerando-se o mais infeliz dos homens. Certa noite, quando sozinho se entregava a lamentações sobre o mundo e a humanidade em geral, apareceu-lhe um anjo, e lhe deu um espelho.
- Este espelho é como o mundo, que você tanto acusa: ele reflete a imagem que lhe é apresentada. Olhe-se! Sorria! E veja se o espelho não lhe dá também um sorriso!
O anjo fez depois o jovem prometer que, todas as manhãs, sorriria para o espelho, e se esforçaria para conservar esse sorriso o resto do dia. O moço cumpriu o prometido. Dentro em breve tornou-se outro, alegre, querido de todos, e não tardou que um novo amor viesse ocupar o lugar do primeiro..."
(Clarice Lispector in Correio Feminino – Editora Rocco)

Ver cor e alegria nas coisas tem muito mais a ver com a nossa própria postura diante do mundo do que, realmente, com aquilo que acontece lá fora. Diz a sabedoria popular que se a única ferramenta que você tem é um martelo, ou se você só sabe usar martelo, tudo no mundo começa a se parecer com um prego. Recebemos aquilo que oferecemos e enxergamos aquilo que os nossos olhos veem, porque o mundo é um espelho; mas esquecemos que o que vemos é o que somos. Se deixarmos de lado as lamentações, o preconceito, o egoísmo e a invejinha, se abandonarmos a dureza das palavras, a arrogância e a indiferença, o mau humor, a maldade, se encostarmos o martelo num canto... veremos alegria, aceitação e respeito, altruísmo e solidariedade, no mundo, veremos humildade e gentileza, sorrisos e afeição, bondade e amor.

“Cada um de nós deve agradar ao seu próximo para o bem dele, a fim de edificá-lo."
(Romanos 15:2 – Nova Versão Internacional)


“Façam aos outros o que querem que eles façam a vocês;
pois isso é o que querem dizer a Lei de Moisés e os ensinamentos dos Profetas."

(Mateus 7:12 – Nova Tradução na Linguagem de Hoje)


Desejo a você belíssimos dias. E que o meu e o seu espelho reflitam sempre o nosso melhor. Que o mundo seja contagiado por nós com o bem que queremos ver por aí.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!