quinta-feira, 9 de julho de 2015

BOA NOTÍCIA!!



Notícia Boa!!

Interrompemos nossa programação normal, hoje, para trazer uma noticia boa! Muito boa!!!

Sofre de ansiedade?
Então, em vez de remédios, pratique boas ações.
Elas são eficazes no combate à ansiedade e podem contribuir para reduzir também a timidez.
Foi o que descobriu um estudo feito por especialistas canadenses, que acaba de ser publicado na revista científica Motivation and Emotion.
  
Pesquisas anteriores já haviam revelado que boas ações aumentam a felicidade e promovem interações sociais mais positivas. Agora pesquisadores da Simon Fraser University e da University of British Columbia analisaram esses efeitos mais profundamente.

A equipe procurou apurar se ao longo do tempo a natureza pró-social da gentileza e das boas ações é capaz de alterar o nível de ansiedade vivido por pessoas em contato com outras, para facilitar seu relacionamento com o próximo.

A pesquisa
115 estudantes com elevados níveis de ansiedade social foram convidados.
Ao longo de quatro semanas, foram divididos em dois grupos.

Parte dos jovens realizaram boas ações, como lavar a louça dos colegas, cortar a grama dos vizinhos, ou fazer uma doação a uma instituição.

Os outros foram apenas expostos a interações sociais e um terceiro grupo limitou-se a registar o que acontecia em cada dia.

No final da experiência, foi observada uma redução significativa no desejo de evitar situações sociais entre os que participaram, ativamente, em atos solidários.

Esta diminuição foi especialmente sentida no início da intervenção, um fato que "apoia o valor dos atos de generosidade como forma de travar as tentativas de evitar a socialização".

Rejeição
Os pesquisadores, liderados por Jennifer Trew e Lynn Alden, descobriram ainda que "[as boas ações] ajudam a contrariar o medo de uma possível rejeição e diminuem os níveis temporários de ansiedade e 'stress'".

Assim, as boas ações poderão ser utilizadas como intervenção para ajudar os pacientes com ansiedade social a ter uma vida mais satisfatória.

"Os atos de generosidade combatem as expetativas sociais negativas, promovendo uma percepção mais positiva [do mundo] e daquilo que as pessoas esperam no seu ambiente social", explica Trew, em comunicado.

"Reduzir os níveis de ansiedade, faz com que [as pessoas] tenham menos vontade de evitar situações sociais", conclui a pesquisadora.

---------------------------------------------------

Referências:
Conteúdo disponível em  www.sonoticiaboa.com.br - acessado em 10/07/2015.
Veja o estudo em inglês aqui.

2 comentários:

  1. Simples assim! Mas tem gente que insiste em se fechar, trancando todas as possibilidades de doação própria e se afundam na ansiedade e frustração com tudo e com todos.

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!