segunda-feira, 25 de julho de 2016

NÃO!

NÃO!
Por Sérgio Mafra

Você já recebeu um “não” alguma vez na sua vida? Confesso que já recebi alguns e nem sempre encaramos isso da melhor forma. Desde quando era criança recebi alguns nãos da minha família e, apesar de na hora ficar bastante aborrecido, hoje os percebo como sendo uma parte importante do meu processo de aprendizado. Na infância achamos que nossa vontade é soberana e que será o fim da vida caso algum dos nossos desejos não seja atendido. Com o tempo percebemos que ninguém, ou quase ninguém, morre por ganhar um sonoro “não”. Imagina se nossos pais realizassem tudo que gostaríamos? No meu caso, minha família iria falir e, provavelmente, eu não estaria aqui hoje escrevendo para vocês. Para que possam ter uma ideia do poder da mente de uma criança, dois dos meus principais desejos eram: ter um McDonald’s em casa e um leão mais um hipopótamo no quintal.


Felizmente, nós crescemos e aprendemos com os limites impostos por nossos pais. Na vida, provavelmente, convivemos e teremos que conviver com muitos nãos. Serão negativas na faculdade, no trabalho, nos relacionamentos, no caminho... Vamos percebendo, então, que muito mais importante que o “não”, é o que aprendemos com ele - que lição fica na forma de agir, de falar, de estudar, de sonhar. Talvez possamos encarar uma negativa como a possibilidade de um novo começo, escrever uma nova página da história e fazer diferente.

Deus nem sempre fala sim pra tudo que queremos. Muitas vezes tive um “não” como resposta às minhas orações. Na hora é difícil, mas se pensarmos que Ele tem o melhor pra gente fica mais fácil aceitar. Nem sempre a negativa recebida é da parte de quem não gosta da gente...

Experimente receber o “não” com um sentimento diferente. Ao invés de raiva, rancor, angústia... experimente passar por cima deles e vislumbrar a chance de fazer mais, de melhorar e novamente fazer com que sua vida aconteça de maneira plena e feliz! 


Uma excelente semana de oportunidades para você!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!