segunda-feira, 18 de julho de 2016

FINAL FELIZ

FINAL FELIZ
Por Sérgio Mafra

Recentemente, uma amiga me contou a respeito de uma pesquisa cuja conclusão havia sido a de que a maioria das pessoas, antes de comprar um livro, lê as cinco últimas páginas para saber o final. Confesso que não sei a fonte dessa pesquisa, mas fiquei surpreso com esse resultado. Surpreso por dois motivos, em especial: o primeiro é que nunca tive a menor vontade de ler o final de um livro sem antes o ter lido por inteiro. Para mim, aguardar o esperado final faz parte da gana de ler e terminar. Até hoje pensei que com a esmagadora maioria das pessoas acontecia o mesmo e, para minha decepção, passei a me sentir meio “alien”, visto que, por essa pesquisa, faço parte de uma esmagadora minoria.

O outro motivo que me deixou bastante surpreso foi a curiosidade das pessoas em querer saber o final da história antes do final da leitura. Que o ser humano é curioso por natureza todos nós sabemos. É incrível a vontade das pessoas, desde cedo, de querer saber das coisas. Isso tem seu lado muito bom, pois nos desperta para a inovação - afinal, quantas coisas foram inventadas a partir da curiosidade de alguém por determinado assunto, objeto ou linha de pensamento! O interessante disso tudo é que essa curiosidade também nos faz superar limites e desafios - lembre-se de que nosso país, por exemplo, existe como tal por conta de algumas pessoas que se dispuseram a se lançar no mar desconhecido e navegar novas rotas em busca de alternativas. Porém, essa mesma curiosidade também tem seu lado cruel: quantas intrigas, fofocas, brigas e discussões são geradas a partir da curiosidade sobre a vida alheia! Quantos grandes problemas não poderiam ser evitados se as pessoas se preocupassem mais com a sua própria vida e, no que tange ao próximo, apenas se ocupassem de ajudar e não de fofocar, difamar ou denegrir. Você, provavelmente, assim como eu, deve saber de muitos laços familiares e de amizades que foram desfeitos em virtude disso.

Mas, sabe de uma coisa? Existe um final que já está escrito e é conhecido de todos quantos querem saber. Esse final não é o de um livro, uma novela ou uma série. É o final da história deste mundo tal qual o conhecemos. Deus deixou revelado em Sua palavra, há muito tempo, a promessa de vida eterna em um mundo de paz. Esse final vale a pena saber; aliás, esse final eu quero viver. Como está escrito: “E vi novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que descia dos céus, da parte de Deus, preparada como uma noiva adornada para seu marido. Ouvi uma forte voz que vinha do trono e dizia: Agora o tabernáculo de Deus está com os homens, com os quais viverá. Eles serão os seus povos; o próprio Deus estará com eles e será o seu Deus. Ele enxugará dos seus olhos toda lágrima. Não haverá mais morte, nem tristeza, nem choro, nem dor, pois a antiga ordem já passou.” Apocalipse 21:1-4.

Que final e que esperança! Escolha e viva feliz!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!