sábado, 9 de abril de 2016

O LEGADO

O LEGADO
Por Jackson Valoni

Fiz um discurso em homenagem a Deus na Universidade em que eu estudo. Era minha colação de grau. Chorei, conforme o previsto por mim devido ao histórico de situações semelhantes. 

Fiz o meu pequeno discurso em forma de oração. Eu até quis tentar explicar isso lá na hora, mas não teve como. Antes que eu pudesse dizer qualquer coisa a voz já estava embargada. Também tentei dizer um "Amém" no fim do texto, mas não tive forças.

O discurso foi este:
Se eu pudesse dizer de forma justa e precisa a gratidão que sinto por homenagear um amigo tão especial como Deus, passaria a vida inteira agradecendo. E não seria essa uma bela forma de viver? Afinal, “em tudo dai graças”. I Tessalonicenses 5:18
Há quem duvide que realmente exista Alguém no Céu que se importe com meus agradecimentos tão simples, mas sinceros. “Mas eu ainda tenho muita confiança, pois sei em quem tenho crido...”. II Timóteo 1:12
Meu desejo é que nossos caminhos possam ressoar como inspiração constante, de um pôr do sol a outro, todos os dias. E eu estou bem certo de que “todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, segundo a Sua vontade”. Romanos 8:28
Que Deus nos conduza por bons caminhos, e que Seus planos possam prevalecer sobre nós, “planos de paz, e não de mal, para nos dar um futuro e uma esperança” (Jeremias 29:11). E que a esperança não desfaleça quando, inevitavelmente, injustiças esbarrarem em nossa jornada, que não termina aqui.
Sejamos defensores da ordem, da justiça, dos direitos e principalmente, do legado que o Grande Advogado que está no Céu nos deixou. “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento” e “amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Mateus 22:37, 39


Estou pensando na razão pela qual me escolheram para fazer essa homenagem, mas deve ter algum motivo pra isso, e é isso que me instiga. O cristão fala através da vida, mesmo que não abra a boca para falar sobre o Evangelho.

Uma vez um colega da faculdade se espantou quando soube que sou "crente". E eu me espantei com o espanto dele, porque vi o estigma do cristão. O cristão é diferente, mas não se exclui. Ele se abstém de muitas coisas, porque nossa prioridade é o Céu, porque nosso lugar não é aqui. O lugar de ninguém deveria ser aqui.

"Vocês, porém, são geração eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para a sua maravilhosa luz." I Pedro 2:9




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!