sábado, 16 de abril de 2016

ALLAHU AKHBAR

ALLAHU AKHBAR
Por Jackson Valoni

Enquanto eu passeava pelas vielas da cidade velha de Jerusalém, em 2014, observei que o vendedor de uma das lojas da parte muçulmana da cidade estendeu um pequeno tapete no chão, se ajoelhou sobre ele e, em seguida, encostou sua testa no chão.

A cidade estava toda movimentada, era período de Páscoa, na época, havia turistas de todas as partes do mundo, e aquele comerciante prostrou-se para adorar a Alá.


"Allahu Akhbar" é uma expressão árabe que ficou associada ao medo, em 2015. Grupos terroristas muçulmanos, antes de executar seus atos de barbárie, exclamavam aquilo que deveria exaltar o nome de Deus. "Deus é grande!", dizem eles, e a morte invade o ambiente das formas mais brutais possíveis.

Deus é grande. O comerciante de Jerusalém não precisava de um motivo especial para se encontrar com Deus. Como se tivesse hora marcada com o Criador, prostrou-se em reverência e prestou reverência da forma mais genuína possível, reconhecendo sua humildade diante de um Ser tão grande.

Mais do que nunca é possível acompanhar discussões sobre racismo, liberdade de expressão, intolerância religiosa, união homoafetiva, corrupção e impeachment. Vivemos num período agitado.

Já me senti coagido, diversas vezes, a não dizer minha opinião sobre vários temas postos em pauta, porque a democracia parece ter mão única, e os arautos das bandeiras que combatem a intolerância, diversas vezes não toleram quem os opõe.

Muitas pessoas defendem pensamentos que são considerados fundamentalistas, arcaicos, retrógrados. São remanescentes de um modo de viver que não precisa agradar a todos, senão a Deus e a quem reconhece sua magnitude.

"Eles lutarão contra você, mas não o vencerão, pois Eu estou com você e o protegerei, diz o Senhor." Jeremias 1:19

Deus é grande.



Um comentário:

Participe também, comentando!