quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

FRIO OU QUENTE? MORNO NÃO!

FRIO OU QUENTE? MORNO NÃO!
Por Carina Baptista

Oi pessoal, tudo bem com vocês??

O verão é minha estação preferida no mundo. Gosto da alegria que transmite, do calor (não excessivo) dos dias ensolarados, da praia, da cachoeira, das frutas, de tantas coisas! Apesar de gostar, sei que muito calor acaba sendo incômodo. No ano passado, muita gente sentiu um aumento nas temperaturas (ainda estamos sentindo). Dias muito quentes e secos. Agora em janeiro as chuvas amenizaram o quadro, mas os dias quentes voltaram com força. Isso ocorreu graças ao “El niño”, um fenômeno natural que ocorre, em média, de dois em dois anos (é um tanto impreciso) e é responsável, entre outras coisas, pelo aumento da temperatura.

Mas eu encontrei dia desses, na internet, uma matéria dizendo que, para quem gosta de frio, este será "o ano". Fiquei triste por um minuto. Mas depois pensei nas roupas que a gente pode usar no frio e no chocolate quente e fiquei feliz de novo. :)

Muita gente gosta do inverno ou se acostuma com ele! Em especial, no Rio de Janeiro. Acredito que seja porque nosso inverno seja nível “easy” e não tenhamos grandes problemas com baixas temperaturas - se bem que, para cariocas, 25ºC é nevasca (hehe). Pode ser também pelo fato de que, nessa época, as pessoas acabam se vestindo melhor (o que falta de roupa no verão sobra no inverno). Até a galocha e o gorro saem do armário.

Este ano, o responsável pelo frio será o La niña. É o oposto do El niño; sendo assim, é caracterizado pela baixa nas temperaturas. As frentes frias que costumam ficar “estacionadas” no sul do Brasil, no inverno passam a se deslocar com mais rapidez. O sudeste apresenta, então, temperaturas mais baixas do que o normal, e as frentes frias chegam até o centro-oeste, o nordeste e o norte do país, o que acarreta uma quantidade maior e mais distribuída de chuvas por todo o território nacional.

Pensando nas características desses fenômenos, foi quase automático fazer uma comparação com a nossa vida espiritual. Podemos estar sob "efeito" do La niña e deixar que nossa vida espiritual se esfrie; deixamos de ter comunhão com Deus, não exercitamos mais a bondade, tudo fica frio e cinza. Ou podemos deixar o efeito El niño invadir nosso coração e aquecer nossa fé, transmitindo esse calor a outras pessoas.

Um dos versos mais fortes, para mim, na Bíblia, é o que está registrado em Apocalipse 3:16 que diz: "Assim, porque és morno, e não és frio nem quente, vomitar-te-ei da minha boca.". Devemos escolher ser frio ou ser quente; morno não dá! Apesar de no clima preferirmos uma temperatura amena (morna), na vida espiritual não dá! Precisamos nos posicionar e tomar as rédeas, confiando que no lado quente (de Deus) seremos muito mais felizes!

Minha dica de hoje é que você busque, constantemente, pelo El niño espiritual; que sua vida aqueça ao ponto de transmitir calor para outras pessoas.

Um beijo e até semana que vem!


Um comentário:

  1. Não gosto do frio. Prefiro os dias quentes e ensolarados, na vida espiritual também prefiro o clima quente. Eu penso que ser neutro ou ficar em cima do muro já é tomar automaticamente uma posição ao lado de quem colocou o muro ali.Obrigado pela mensagem. beijo.

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!