terça-feira, 2 de junho de 2015

GPS

GPS
(Por Airton Sousa)

- Vamos pra onde?
- Av. Sabará, por favor.

O taxista ligou o aparelho, apertou um botão e uma vozinha simpática começou a dar instruções. "Siga reto". "Vire à esquerda em 100 metros”. “Dobre à direita em 200 metros". Em menos de 15 minutos estava em casa sem precisar falar nada ao motorista. Só tive o trabalho de assinar o boleto da empresa. Essa foi a primeira vez em que andei num táxi com GPS; era novidade, em São Paulo, em 2007.

O grande charme do GPS é que, se você não obedecer à voz, ele percebe a mudança e recalcula o caminho. Fiquei impressionado quando um amigo, chegando ao aeroporto de Congonhas, alugou um carro com GPS e chegou a minha casa sem eu precisar dar nenhuma instrução. Também descobri que para chegar até onde eu morava, em Campo Grande, Zona Sul de São Paulo, o GPS indicava o caminho pela Av. 23 de maio sendo que indo pela Marginal Pinheiros sem seguir as instruções do aparelho o caminho era bem mais rápido. Mas se é para desligar o aparelho e seguir seu próprio roteiro pra que, afinal, você precisa de um GPS?

Na vida temos vários caminhos para seguir e muitas vezes não usamos os aparelhos necessários e teimamos em seguir nossa própria direção.

Já me perdi uma vez, em Goiânia. Estava a trabalho e resolvi percorrer a pé o caminho de volta do escritório do cliente até o hotel... Péssima ideia! Quanto mais eu andava mais me perdia, as ruas de asfalto foram dando lugar às ruas de barro, as casas foram sumindo e eu fui parar em um lugar bem deserto... e já escurecia. Cheguei ao hotel quatro horas depois.

A Bíblia me mostra, diariamente, que Jesus Cristo está sempre na direção da minha vida e sabe para onde vou. Ele também conhece os meus limites de velocidade. Quando tento ultrapassar, Ele me desacelera e ainda me mostra os radares escondidos ao longo do caminho.

“Todos que são guiados pelo Espírito de Deus são filhos de Deus” (Romanos 8:14).

“A tua palavra é lâmpada que ilumina os meus passos e luz que clareia o meu caminho” (Salmo 119:105).

“Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção e para a instrução na justiça, para que o homem de Deus seja apto e plenamente preparado para toda boa obra” (II Timóteo 3:16-17).

E quando eu desobedeço inteiramente, Ele me informa: "Se possível, faça um retorno”. Este é o maior segredo desta caminhada: Ele nos permite retorno em qualquer parte da estrada.

Ao iniciar sua caminhada, hoje, desejo que Deus esteja com você durante toda a estrada. Desejo que você siga todas as orientações do GPS e que tenha uma boa viagem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!