sábado, 31 de dezembro de 2016

2017

2017
Por Jackson Valoni

Já terminou com alguma namorada? Já desfez alguma amizade? Conhece alguém que passou por um divórcio? Você já conviveu com alguém em processo de separação? Por que relacionamentos são destruídos?

Os relacionamentos duram porque há troca de expectativas atendidas. É uma regra básica: a manutenção de uma relação pressupõe segurança (lealdade, fidelidade, amizade, confiança, respeito).

Posso contar com meu amigo se eu ligar pra ele reclamando da vida. Posso contar com minha esposa quando peço pra ela fazer pudim de leite pra mim, hoje (tomara que ela leia este texto e faça o pudim). Nós nos sentimos confortáveis com a pessoa com quem escolhemos nos relacionar.

No amor não há temor, antes o perfeito amor lança fora o temor; porque o temor tem consigo a pena, e o que teme não é perfeito em amor. Nós o amamos porque ele nos amou primeiro. (I João 4:18, 19)

“O temor tem consigo a pena” porque o medo supõe castigo. Se você algum dia foi a alguma igreja, o que o levou a fazer isso? Simples convite, turismo, ou sua convicção religiosa?

Faz uma semana que o mundo comemorou o nascimento de Jesus. Na minha casa, não temos o hábito de trocar presentes na época do Natal, mas a gente come muito. Há quem finja ser um homem acima do peso com roupa vermelha e distribua presentes no Natal. Eu, sinceramente, não vejo problema nenhum nisso.


Um dia Jesus foi convidado pra participar de uma festa de casamento. Os casamentos daquela época costumavam durar uma semana inteira, mas nessa festa houve um pequeno problema: havia acabado a bebida. Seria uma vergonha enorme para os anfitriões da festa e um desrespeito com os convidados se não houvesse mais o que beber. Não se sabe depois de quantos dias de festa a bebida havia acabado, mas, não importa; a tragédia é que tinha acabado a bebida.

Maria, mãe de Jesus, avisa a Ele sobre o fim do suco. Em seguida, ela, literalmente, entrega os problemas nas mãos de Jesus. “Fazei tudo o que Ele vos disser.” (João 2:5), foi o que Maria falou para os empregados daquela festa.

Quando as festas chegam ao fim os convidados se despedem e vão embora. Foi assim com você, no Natal? Estou falando a respeito de Jesus. Ele mesmo, a “imagem do Deus invisível” (Colossenses 1:15), Jesus, nos ama antes que nós inventássemos qualquer vinte-cinco-de-dezembro para dedicarmos alguns minutos em agradecimento pelas bênçãos do ano inteiro.

Repare, Jesus nos ama. Eu não creio num Jesus simplesmente histórico e morto numa cruz, sepultado. O meu Jesus é vivo, ressucitou, e é meu Amigo e Salvador.

“O Senhor olha dos céus para os filhos dos homens, para ver se há alguém que tenha entendimento, alguém que busque a Deus. Todos se desviaram, igualmente se corromperam; não há ninguém que faça o bem, não há nem um sequer.” (Salmos 14:2,3)

Mesmo eu e você sendo dessa forma suja, Deus ainda cuida de nós. Julgamos que determinada pessoa é boa ou ruim usando critérios muito subjetivos. Jesus falou para o jovem rico que “ninguém é bom senão um, que é Deus.” (Marcos 10:18)

“Que importa se alguns deles foram infiéis? A sua infidelidade anulará a fidelidade de Deus? De maneira nenhuma! Seja Deus verdadeiro, e todo homem mentiroso. Como está escrito: ‘De modo que são justas as tuas palavras e prevaleces quando julgas’." (Romanos 3:3, 4)

Porque Deus enviou o seu Filho ao mundo, não para que julgasse o mundo (não para condenar o mundo), mas para que o mundo fosse salvo por Ele. (João 3:17)

O que você fez no passado, é com Deus. Peça perdão a Deus, se arrependa, e comece uma nova história na sua vida. “Deus sabe o que vai dentro d'alma, Deus ouve a oração suplicante, Deus vê sua angústia e o acalma.” Podemos recomeçar tudo com Jesus. Podemos renascer.


Há uma semana comemoramos o nascimento de Jesus e amanhã já começa um ano novo. Não deixe Jesus ir embora da sua vida porque a festa acabou. Deixe que Ele seja um hóspede da sua casa, do seu coração. Se você já O mandou embora, Ele diz: “Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir a minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo.”. (Apocalipse 3:20)

Ei, abra a porta. Deixe Jesus habitar em sua vida, você vai perceber que poderia ter se entregado a Jesus há muito tempo. Feche seus olhos agora e peça a companhia dEle durante esse novo ano. Você vai perceber que será a primeira e melhor decisão que você irá tomar em 2017.

“Com amor eterno eu te amei; por isso, com benignidade te atraí.”
(Jeremias 31:3)




3 comentários:

  1. Lindo texto! Que possamos entregar por completo a nossa vida ao nosso amigo Jesus! Deus nos abençoe!

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!