quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

FIM DO MUNDO

FIM DO MUNDO
Por João Octávio Barbosa

De fato, serão consumidas todas as coisas sobre a face da Terra. Uau! Você está preparado para o fim do mundo?

Todos nós já vimos filmes que tratam de momentos drásticos que põem em risco o futuro do mundo, seja por invasões alienígenas, seja por bombas nucleares, desastres naturais, etc. Por exemplo, hoje é dia 21 de dezembro, e há exatamente quatro anos circulava pelo mundo uma teoria profética da civilização Maia que apontava aquele dia como o último de nossa história.


Já na semana passada eu falava um pouco sobre isso. Mas hoje eu vou além das profecias que falharam, para falar de uma que ainda não se concretizou. Existem várias possibilidades que podem pôr fim à vida da Terra, e, com isso, criam-se as teorias mais diversas. Você mesmo, por exemplo: como você acredita que o mundo vai acabar? Se é que acredita que vai.

Percebeu a frase de impacto que eu usei para começar o texto? Imagine escrever um livro que já começasse com essa sentença mortal! Pois bem, esse livro existe e é dele que falaremos hoje. Sofonias, seu autor, é nosso protagonista do dia, e o pedaço da Bíblia que ele escreveu, um curto livro com seu nome, praticamente começa com essa forte ameaça a todos nós (tem uma frase antes, mas é só a apresentação pessoal dele).


Se você ler o capítulo 1 de Sofonias, vai perceber uma lista de características assustadoras da teoria bíblica do fim do mundo. Então, fique sabendo: Deus manda avisar que esse mundo aqui vai acabar. Prepare-se!

No verso 3 se fala que a destruição da Terra acontecerá em certo dia, onde não haverá mais peixes, aves e homens! E tem mais: esse dia está perto! Não é para um futuro distante, como vemos nos versos 7 e 14. Nesse dia, Deus mostrará que não é omisso (verso 12). E, olha, esse dia será amargo, angustiante, desolador, caótico, de escuridão e de trevas (v.14-15). As pessoas estarão cegas, com seu sangue derramado e sua carne sendo tratada como lixo (v.17). A destruição será total e repentina para todos os homens.


E só para enfatizar: esse dia é o fim da história, é o fim do mundo. Aí, nessa hora, você pode estar pensando: “Caramba, então é isso?! É esse o plano de Deus? Deixa rolar esse mundo cheio de maldades, até que qualquer dia desses Ele acorda de mau humor e destrói o mundo todo e acabou?!”.

Não, não é assim. O mundo será destruído porque precisa ser purificado. Como você bem sabe e percebe, vivemos num lugar cheio de maldade, injustiça, hipocrisia, miséria, doença, violência, entre outras coisas ruins. E quando Deus fala de destruir tudo que existe na Terra, está levando em consideração isso tudo. O que Deus quer destruir é tudo de errado que existe no mundo, e tão somente isso.


Deus preparou a destruição que lemos em Sofonias apenas para o Diabo. A vontade de Deus era que apenas o inimigo da nossa vida sofresse esses males no dia do fim do mundo. Infelizmente, alguns de nós, seres humanos, vamos estar nesse sofrimento que não foi feito para gente. Quem? Os que escolherem ficar mais perto do Inimigo do que de Deus. Os que preferem o mal ao bem em sua vida.

Sofonias vai mostrando esse contraste mais para frente em seu livro. Em Sofonias 2:3 ele pede: Busquem a Deus, obedeçam, sejam justos e mansos (ou humildes). Nos versos 8 a 20 do capítulo 3, vemos diversas belas promessas.

Algumas pessoas serão fiéis a Deus (v. 12 e 13). Essas serão afastadas das condenações (v.15). E o Senhor Deus será um Deus presente, salvador, alegre, e cheio de amor para dar, num NOVO MUNDO (v.17).


Sim, porque haverá um novo mundo! Depois desse dia em que morre esse velho mundo em que vivemos, surgirá uma Nova Terra, um novo lugar, totalmente perfeito e diferente do que nos acostumamos.

Não vou usar links desta vez. Não vou deixar você trapacear e não abri-los. Aqui embaixo está uma curta descrição desse novo lugar em que você pode viver! Basta querer! Basta acreditar! Basta se aproximar de Deus!:

E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe.

E eu, João, vi a santa cidade, a nova Jerusalém, que de Deus descia do céu, adereçada como uma esposa ataviada para o seu marido.
E ouvi uma grande voz do céu, que dizia: Eis aqui o tabernáculo de Deus com os homens, pois com eles habitará, e eles serão o seu povo, e o mesmo Deus estará com eles, e será o seu Deus.

E Deus limpará de seus olhos toda a lágrima; e não haverá mais morte, nem pranto, nem clamor, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.
E o que estava assentado sobre o trono disse: Eis que faço novas todas as coisas. E disse-me: Escreve; porque estas palavras são verdadeiras e fiéis.
Apocalipse 21:1-5

Se ao terminar de ler este meu último texto do ano (semana que vem vai ser uma coisinha diferente), você sentir vontade de viver nesse lugar, procure-nos! Estamos dispostos a ajudar! Deus está disposto a abraçar você.


Não peço que concordem, espero que reflitam!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!