terça-feira, 6 de outubro de 2015

CHEIO DE GRAÇA

CHEIO DE GRAÇA
(Por Airton Sousa)
 
Estou voltando do centro do Rio para casa e enquanto o trem que me leva da Central do Brasil corre seus trilhos, e eu vou rascunhando este texto, ouço pelo headphone do celular uma das mais belas músicas que ouvi nos últimos dias: “Graça!”

A graça é um ponto de encontro
Lugar onde os fardos se espalham no chão
Onde todo que chega cansado
Tranquilo descansa o seu coração
A graça se explica em uma cruz
Lá eu posso entender o que o Céu me traduz
A morte era a minha sentença
Mas agora sou livre em Jesus

Segundo a Wikipédia, Graça ”é um conceito teológico fortemente enraizado no Judaísmo e no Cristianismo, definido como um dom gratuito e sobrenatural dado por Deus para conceder à humanidade todos os bens necessários à sua existência e à sua salvação. Esta dádiva é motivada unicamente pela misericórdia e amor de Deus à humanidade, logo, movida por Sua iniciativa própria, ainda que seja em resposta a algum pedido a Ele dirigido. E também por esta razão, a Graça é um favor imerecido pelo Homem, mas sim fruto da misericórdia e amor divinos.
Dependendo das correntes teológicas cristãs, existem aqueles que defendem que a graça é irresistível; outros que a graça é somente para algumas pessoas escolhidas e totalmente predestinadas por Deus; e há ainda aqueles que acreditam que a graça é universal (ou seja, predestinada para toda a humanidade), mas que pode ser recusada livremente pelo Homem.”.

Toda a Bíblia está em harmonia perfeita quanto a este ponto: “Sereis salvos pela graça, por meio da fé; e isto não vem de vós, é dom de Deus.”. (Efésios 2:8)

Li a história de um homem que parecia estar ficando cego e possuía poucos recursos para a cirurgia. No caso, ele só dispunha de três mil reais para a operação e o médico havia cobrado algo em torno de doze a quinze mil reais.
- Não sei se o senhor pode pagar, disse o oftalmologista. Não cobro menos que isso.
- Nesse caso, eu ficarei cego e permanecerei assim.
Ao que o médico respondeu:
- O senhor não pode chegar onde eu quero, nem eu posso descer onde o senhor quer. Mas há outro meio, disse o especialista. Eu posso fazer a cirurgia de graça.

É desse jeito que chegamos, cada dia, ao Grande médico e dizemos: - “Não tenho o preço do resgate, mas hoje eu me achego aos pés da Sua cruz.”.

Pecado não se explica, pecado se paga e Cristo pagou por mim." Pois isto é Graça: é o resgate que já foi pago, de uma vida cheia de dúvidas e dívidas.

Graça simples assim
Perdão se recebe, se aceita e fim
Pecado não se explica
Pecado se paga
E cristo pagou por mim

O trem já me traz de volta para casa e quando chega à estação de Paciência, enquanto faço movimentos para desembarcar, o fio do headphone se desencaixa do celular e o som, que estava alto, ecoa pelo trem... E todos os passageiros podem ouvir, então, o que eu estava ouvindo: “... e Cristo pagou por mim. Graça, Graça! Graça, simples assim...”.

E eis que estamos começando outubro e hoje eu tô cheio de Graça!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!