terça-feira, 6 de junho de 2017

CRENÇAS - 9


CRENÇAS - 9
Airton Sousa - Direto de Florianópolis Paciência

Foi na madrugada do dia 13 de outubro no ano 2010 que o mundo acompanhou emocionado o resgate dos 33 mineiros que estavam presos a quase 700 metros de profundidade, por mais de dois meses, em uma mina no norte do Chile. O drama começou no dia 5 de agosto de 2010, quando a mina em San Jose desabou. Os 33 homens ficaram em uma área de abrigo de emergência no subsolo, onde havia mantimentos apenas para alguns dias. Nos próximos 17 dias, a situação se tornou desesperadora e alguns chegaram a cogitar suicídio e canibalismo. No dia 22 de agosto, equipes de resgate romperam a área onde os mineiros estavam, com o uso de uma broca. Os homens enviaram um bilhete que dizia: "Estamos bem no refúgio, os 33.".

Alimentos, água, cartas, remédios e outros suprimentos foram entregues aos mineiros através de um furo estreito. Câmeras de vídeo também foram enviadas para baixo. Dessa maneira os socorristas podiam ver os homens, confinados em um espaço quente e úmido. Especialistas em mineração e engenheiros de todo o mundo colaboraram no longo e complexo processo de resgate dos 33 homens até a superfície. Durante esse período, os mineiros mantiveram um sistema de trabalho e rotinas, para benefício das condições psicológicas.

Milhões de pessoas em todo o mundo assistiram ao resgate ao vivo pela TV. Menos de 24 horas após o início da operação, todos os 33 mineiros, com idade entre 19 e 63 anos, haviam sido resgatados com segurança. Quase todos os homens estavam em boas condições de saúde e eles usavam óculos escuros para proteger os olhos depois do longo tempo em um lugar mal iluminado. Os mineiros estavam salvos.


Quando Adão e Eva pecaram, Deus não os abandonou nem deixou que sofressem as consequências sozinhos. Ele foi atrás deles, procurou por eles, chamou: “Onde vocês estão?”. Deus já tinha Seu plano de resgate prontinho. Seu Filho viria ao mundo viver e morrer pelo pecador. Voluntariamente Jesus Cristo tomou sobre si a punição que deveria ser aplicada ao homem e voluntariamente morreria para que o homem pudesse viver. “Mediante Cristo, a porta da esperança estava aberta.”

Todos os seus erros foram perdoados. Não tem explicação para isto. É claro que você deverá sofrer as consequências de cada erro cometido, mas da parte de Deus tudo está resolvido. Não importa que você tenha caído. Não importa se você não consegue vencer seus vícios, se você é um drogado, alcoólatra, ou talvez esteja envolvido na prostituição, se você mesmo destruiu seu próprio lar. Deus está disposto a resgatá-lo! Ele está decidido a limpar e apagar tudo isso com o sangue de Jesus Cristo e transformá-lo em uma nova pessoa.


Tudo está resolvido.

Graças a Deus, Cristo vive! Graças a Deus, a luta acabou. Cristo morreu, Ele levou os nossos pecados. Deus o ressuscitou dentre os mortos.

Eu creio nisso! Ele veio, viveu, morreu e ressuscitou. O plano deu certo!

Agora você pode pensar no assunto e tomar sua decisão de ir ao encontro de Deus e permitir que o Seu plano de resgate seja eficaz na sua vida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!