quinta-feira, 27 de outubro de 2016

VOLTEI


VOLTEI
Por Carina Baptista - Texas, USA

Oi pessoal, tudo bem?!

Eu estava com saudade de escrever e tenho tanta coisa pra contar que nem sei por onde começar! Vou contar aos poucos e vou contar tudo. Eu tenho muitas novidades.

Bem, pra quem ainda não sabe (porque não leu a nossa coluna em 29 de setembro), eu estou no Texas. Comecei meu Intercâmbio no último dia 26. Nem acredito!

Estou escrevendo este texto sentada na poltrona superconfortável do “Starbucks”, olhando pela janela, tomando um treco gelado sem café que a menina simpática me indicou. 

Lá fora está quente, mas tem um ventinho fresco; parte do céu está cheia de nuvens e a outra parte está azul (no entanto, a qualquer momento isso pode mudar).


To aqui pensando (uau!! estou mesmo aqui!)... pensando um pouco sobre minha trajetória e me lembrando de todo mundo que fez parte desta história. Eu me lembro das vezes em que quase desisti, das pessoas que disseram: "Ei, não desiste não!". Eu me lembro, principalmente, do cuidado e do amor de Deus!


Sempre entreguei meus planos do Intercâmbio nas mãos de Deus, e por isso tenho certeza de que tudo deu certo; e "dar certo" não significa que eu não terei nenhum "bad day", que será tudo fácil - "a piece of cake", como eu aprendi. Não! Estou certa de que cada luta, cada provação, cada problema será o meu processo de purificação, como o mineral bruto precisa passar para virar ouro ou diamante.

Estou feliz por estar aqui e por isso sinto o desejo de compartilhar com vocês um pouco mais de tudo o que me aconteceu. Talvez a minha história sirva para animar alguém desanimado ou dar esperança a quem acha que está sozinho. Você não está!

A primeira coisa que eu gostaria de deixar registrada aqui: você precisa sair da sua zona de conforto se você realmente deseja algo diferente na sua vida.

Eu tinha medo de "sair". Deixar minha família, meus amigos, minha igreja... Eu sempre fui a que ficava: fiquei na escola quando meus amigos trocaram de colégio (depois isso mudou); fiquei na mesma igreja, do mesmo bairro, sempre; fiquei no Clube de Desbravadores quando todos os meus amigos saíram... Eu fiquei. Eu sempre ficava. O bom é que não eram coisas ruins! rs. Mas uma hora eu tive vontade de fazer algo diferente. O Intercâmbio saiu do campo das "coisas que eu quero fazer um dia" para o das "coisas que eu vou fazer este ano". E assim eu comecei a correr atrás de toda burocracia, o que significa: dinheiro + documentos + dinheiro.

Entreguei cada etapa do processo nas mãos de Deus e fui bem clara quando disse a Ele: "Se não for da Sua vontade... que não dê certo.". E aqui estou! Escrevendo pra vocês do outro lado do continente. Muitas coisas não aconteceram do meu jeito, ouvi vários "não", e ouvi muitos "sim"; mas não há nada melhor do que ouvir o SIM de Deus.

Estou feliz, certa de que tenho um grande Amigo em quem posso confiar e Ele me presenteou com vários outros amigos. Mas isso é ooooutra história.


Um beijo e até semana que vem.

Um comentário:

Participe também, comentando!