quinta-feira, 20 de outubro de 2016

A CURA DE UM LEPROSO


“Senhor, se queres, tens poder para purificar-me”.
Jesus tocou nele e o curou.


A CURA DE UM LEPROSO

Certa vez Jesus estava numa cidade onde havia um homem que tinha o corpo todo coberto de lepra. Quando viu Jesus, o leproso se ajoelhou diante dele, encostou o rosto no chão e pediu:
- Senhor, eu sei que o senhor pode me curar se quiser!

Jesus estendeu a mão, tocou nele e disse:
- Sim! Eu quero. Você está curado.

Jesus tinha poder suficiente para dizer: “Seja curado!”; mas Ele não fez isso. 

Ele tocou o homem leproso, “sujou as mãos”. 

Ele se aproximou e tocou nele para curá-lo. 

Porque o bem não se faz de longe, o bem a gente faz se aproximando. 


Pense bem: qual foi a última vez que a gente chegou perto de alguém para, tocando, fazer o bem? Não vale contar apenas aqueles que a gente conhece...

Jesus se aproximou de crianças, se aproximou dos Seus amigos, dos doentes, leprosos, dos desconhecidos, se aproximou de pessoas discriminadas pela sociedade, como fiscais, prostitutas, ladrões, e ofereceu o toque das Suas mãos a quem, muitas vezes, só pedia a demonstração do Seu poder.

Pense nisso.
Pense no exemplo do seu Mestre.
Deixe suas mãos marcarem a vida das pessoas.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!