sexta-feira, 3 de março de 2017

PRODUTIVIDADE NÍVEL “A”

 
PRODUTIVIDADE NÍVEL “A”
Denize Vicente – Cidade Maravilhosa/RJ

Produtividade.
Muita gente acha que ser produtivo é trabalhar 18 horas por dia, dormir menos horas por noite do que a maioria dos mortais, cumprir três ou cinco tarefas ao mesmo tempo, sem intervalos, fazer reuniões frequentemente, não tirar férias de 30 dias, e não ter pelo menos um dia de descanso na semana.

Muita gente acha isso. Gente que, provavelmente, não é produtiva, mas acha que é, ou que assim será.

Muito engano.
Produtividade é uma coisa que não está ligada, exatamente, a jornadas de trabalho extenuantes. Se você trabalha treze, quinze, dezoito horas e não mantém o “foco”, provavelmente está apenas gastando tempo...


E digo mais: se você acha que consegue manter o foco por treze, quinze, dezoito horas, desculpe-me, mas preciso mandar a real pra você: alguém tá sendo enganado. E esse cara é você. 


Ninguém consegue produzir por tanto tempo, jovem! Produtividade tem menos a ver com quantidade de horas de trabalho do que com a qualidade das horas trabalhadas. Então, #ficaadica: estabeleça metas diárias e sinta o sabor de alcançá-las; faça o que deve ser feito; e não misture horas de trabalho com redes sociais.

Parece tão óbvio o que eu acabei de dizer, mas acredite: eu poderia apostar alguns bons dinheiros com algumas pessoas e ganharia; elas trabalham muitas horas e se distraem com facilidade, especialmente navegando na internet. Produtividade Nível Z.
#seliga

Outra coisa que me intriga: muita gente boa acredita que tirar férias ou ter um dia de absoluto descanso semanal é coisa de gente que não tem ambição, que tem tempo pra perder, e não se preocupa em ser produtiva. Alguns vão além e acham que isso é coisa de preguiçoso.


Pausas são fundamentais para quem quer ser produtivo no trabalho. Pequenas pausas durante o dia, naquele momento em que você tá vendo que a tarefa não anda, não rende, não engrena... isso funciona, sim. Aquela pausa pro almoço – quando você sai do ambiente de trabalho, ri um pouco, conversa com os colegas, não é dispensável nem é perda de tempo; ajuda a repor as energias e a concentração. A pausa do sono bom, ao final de um dia de trabalho, é mais do que indispensável; é essencial. Dormir bem faz com que você tenha um rendimento melhor no dia seguinte. Dormir pouco, dormir mal... Ixi!


Cuidar do corpo e da mente é garantia de sucesso.

O projeto original para o homem incluía uma pausa de um dia inteiro, após seis dias de trabalho (Gênesis 2:2; Êxodo 20:9-11 - clique nesses links). Descansar o corpo e a mente do trabalho que você faz durante a semana é uma cláusula que consta do Manual de Instruções para a Vida. Não que você vá tirar esse dia pra dormir 24 horas seguidas. Dormir descansa o corpo, sim, mas você só precisaria ficar sem fazer nada por 24 horas se estivesse doente, de cama, em casa ou no hospital... Não estamos pensando nisso.

Nesse sétimo dia, o dia do descanso (“descanso hebdomadário” para o Direito - recomendado pela Conferência de Paz de Paris, de 1919, para o Tratado de Versalhes; “shabbat” / “sabbath” para os hebreus, israelistas, judeus, cristãos), o homem deveria descansar a mente. Parar de pensar nas tarefas do escritório, no trabalho do dia a dia, nas coisas ligadas ao seu sustento material, e ocupar a mente com tarefas outras, de altruísmo, abnegação, generosidade, amor ao próximo, em atividades que ficam de lado nos outros dias, quando cada um se preocupa bastante com a própria subsistência e a da sua família. 

Um dia próprio, também, pra gente se afastar do burburinho da cidade e entrar em sintonia com o Idealizador desse maravilhoso "sistema 6x1", nosso "Engenheiro de Produção", digamos. Há muitos meios, aliás, de fazer esse contato com Ele. E você pode fazer isso, inclusive, trabalhando. Eu, por exemplo, trabalho muito aos sábados. Vou ao encontro de pessoas doentes levar um pedaço de bolo, uma palavra de carinho, um abraço. Também sou Professora de uma galera, ali entre os 13 e os 16 anos. Não ganho nenhum dinheiro pra isso, e esse trabalho, que descansa a minha mente das minhas preocupações com processos e sentenças, me dá a exata noção do que significa fazer a diferença na vida das pessoas, ser útil, ser um instrumento, além de me aproximar do meu próximo, o que, em última análise, me aproxima também de Deus.


Tem gente que trabalha aos sábados visitando doentes em hospitais, levando alimento, livros e roupas para moradores de rua, cuidando de crianças em orfanatos, doando parte do seu tempo e do seu dinheiro para quem precisa e pouco ou nada tem. Há muitas opções e muitas vagas de trabalho. Muita chance de ser produtivo. Dormir e trabalhar do jeito certo no dia do descanso.


Convido você a experimentar esse tipo de pausa – onde você descansa o corpo e a mente das atividades seculares, e trabalha pelo outro, se aproximando de Deus (Tiago 1:27). Suspeito que se as crianças já crescessem nessa vibe o mundo seria diferente...

Pense bem...
Algumas coisas na vida exigem mudança.

Algumas das mais incríveis experiências na vida a gente só não viveu antes porque ninguém nunca nos falou sobre elas... Outras vezes, apenas porque não quisemos vivê-las.


____________________________



Referências:

Conferência de Paz - Disponível em https://pt.wikipedia.org/wiki/Confer%C3%AAncia_de_Paz_de_Paris_(1919) - acessado em 02.03.2017.


“O Senhor Deus diz: ‘Obedeçam às leis a respeito do sábado; não cuidem dos seus próprios negócios no dia que para mim é sagrado. Considerem o sábado como um dia de festa, o dia santo do Senhor, que deve ser respeitado. Guardem o sábado, descansando em vez de trabalhar; não cuidem dos seus negócios, nem fiquem conversando à toa. Se me obedecerem, eu serei uma fonte de alegria para vocês e farei com que vençam todas as dificuldades; e vocês serão felizes na terra que eu dei ao seu antepassado Jacó. Eu, o Senhor, falei.’”

Geronimo Theml - http://produtividadea.com.br/

3 comentários:

  1. Achei incrivel a colocação. Quase me converto pela segunda vez.

    ResponderExcluir
  2. Muito interesante a colocação sobre o descanso sabatico. Quase me converto pela segunda vez.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Isabel!! Rsrsrsrsrs
      Seja bem-vinda por aqui!! Volte sempre quiser. Pela segunda, terceira e até milésima vez!

      Excluir

Participe também, comentando!