quinta-feira, 15 de setembro de 2016

UM PEIXE E ARROZ DOCE

UM PEIXE E ARROZ DOCE
Por Carina Baptista

Oi pessoal, tudo bem??

Hoje o texto será breve. Gostaria de lembrar que:
1. você não está sozinho;
2. tem um Ser inteligente e cheio de amor olhando por você;
3. Ele se importa com os mínimos detalhes.

Sabendo disso, vamos lá.
Apenas para situá-los (alguns já sabem): Tenho 25 anos, formada em Publicidade e Propaganda, atualmente desempregada, escolhi olhar sempre para o lado bom da vida para enfrentar essa fase. Você que mora no Brasil, em especial no Rio de Janeiro, sabe que as coisas não estão fáceis.

Se está empregado, é "uma pessoa de sorte" que precisa fazer mágica com o salário no mercado e nas demais despesas da casa. Se, assim como eu, está procurando um emprego (dá um abraço aqui), percebeu que tá bem mais fácil achar Pokémon do que uma vaga no mercado de trabalho.

Maaaas não vim para falar sobre coisas tristes; não gosto de coisas tristes (apesar de aprender muito com elas). Hoje vim compartilhar algo lindo que aconteceu na minha família. Não é um história da qual eu ouvi falar; eu vivi.

Minha mãe é aposentada, minha avó pensionista, minha irmã estagiária e eu, bom... vocês já sabem. O dinheiro que entra é para pagar as contas e fazer malabarismo no mercado. No começo deste mês, minha mãe disse: "Vai ser difícil". E estava mesmo.

Com o último dinheiro, minha mãe comprou arroz, feijão (rica!) e couve-flor. Com criatividade, ela fez um almoço vegetariano delicioso. Vencemos mais um dia! Ela não nos falou nada (aquela coisa de mãe achar que filho é sempre criança), mas não sabia o que iríamos almoçar no dia seguinte. No mesmo dia, uma prima deu um belo peixe pra minha mãe: "Aqui, eu ganhei de um amigo, mas veio muito! Toma um pra você.". Quase um 5 pães e dois peixinhos do século XXI. Um milagre. E, para melhorar, no dia seguinte nossa vizinha deu um pote cheio de arroz doce. Além de uma deliciosa refeição, ainda tinha sobremesa. Deus é 10!

Sabe, eu não contaria essa história se não tivesse visto de forma muito clara a mão de Deus sobre minha família. Essa fase não está sendo fácil, mas não desanimo, pois sei que Ele está olhando por nós. Assim como cuidou da multidão, da viúva¹ e de tantos outros, cuida de mim e de você também.

Se não desampara as aves e os lírios que dirá um filho querido!

Não desista e confie em quem pode ajudar você!

Um beijo e até semana que vem!


________________________

Referências:


Um comentário:

  1. Hoje foi um dia de fortes emoções, pra mim. Um dia intenso. E posso dizer que esse texto me emocionou de um jeito que eu nem sei dizer pra você o quanto, Cah!
    Na verdade, não sei nem o que escrever, aqui. Mas queria que você soubesse que você tocou o meu coração.
    Um beijo!

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!