quinta-feira, 1 de setembro de 2016

O PODER DO ABRAÇO

O PODER DO ABRAÇO
Por Carina Baptista

Oi pessoal, tudo bem??

Não, hoje não é dia do abraço, mas eu realmente senti que deveria escrever este texto... e já tem um tempinho. Era final da Eurocopa e em meio à derrota de um e euforia de outro um gesto que ficará guardado para sempre no coração de um menino português, de um rapaz francês e no meu coração brasileiro (espero que no seu também).

A França perdeu de 1x0. O torcedor, desolado, chora compulsivamente a derrota. Pessoas passam por ele e nada acontece até que um menino português, vendo a tristeza do desconhecido, se aproxima, o consola, e dá um abraço. Emocionante!

Menino torcedor de Portugal consola francês após a final da Eurocopa - domingo 10/7/16 - (Foto: Reprodução/BBC) 
Para assistir ao vídeo clique AQUI

Um gesto simples, mas que fez toda a diferença na vida daquele rapaz!

Temos a possibilidade diária de impactar e fazer a diferença na vida das pessoas que passam pela gente. Às vezes, tudo o que a pessoa precisa é um minuto da nossa atenção e um abraço apertado.

Não faz muito tempo, eu estava esperando atendimento no banco. Um senhor sentou ao meu lado e na primeira oportunidade começamos a conversar. A carência de atenção era clara e de alguma forma em fiquei feliz de poder ficar ali por uns minutos, enquanto esperava o atendimento.

Muitas vezes deixamos passar importantes oportunidades por ficar esperando o "momento ideal" para fazer "algo extraordinário". A maioria das pessoas por aí não precisa de uma superprodução; elas só precisam de atenção. Um abraço, um sorriso, um aperto de mão bem dado, um olhar nos olhos, palavras doces. É bom receber e é muito melhor dar.

Histórias como a desse menino, que não ficou conformado com a tristeza do rapaz, foi lá e fez algo para mudar, reflete aquilo que eu quero ser e o que eu desejo que você, meu amigo, seja também. Não estou dizendo para sair de casa com uma placa de "abraço grátis" (apesar de ser uma boa ideia! rs), mas que olhe para as pessoas ao redor com amor e tenha sensibilidade para "abraçar" aqueles que precisarem, ao seu redor.

Um beijo e até semana que vem!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!