terça-feira, 28 de junho de 2016

EU OREI PELO SANDRO

EU OREI PELO SANDRO
Por Airton Sousa

De repente, num desses dias, você descobre que só tem apenas Deus e a oração. São aqueles dias sombrios que lhe pegam de surpresa e você não tem pra onde ir. São aqueles dias de batalhas em que você é convidado a entrar diante do trono de Deus e com confiança comunicar a Ele seu pedido.

Para esses dias Jesus disse:
“— Tenham fé em Deus. Eu afirmo a vocês que isto é verdade: vocês poderão dizer a este monte: “Levante-se e jogue-se no mar.” Se não duvidarem no seu coração, mas crerem que vai acontecer o que disseram, então isso será feito. Por isso eu afirmo a vocês: quando vocês orarem e pedirem alguma coisa, creiam que já a receberam...”. (Marcos 11:23-24)
“Peçam, e lhes será dado.” (Mateus 7:7)
“Tudo o que pedirem em oração, se crerem, você receberão.” (Mateus 21:22).

Quando acontecer isso, não esqueça que quando se trata das coisas do céu Deus parece seguir sempre a mesma regra: não existe regra. Ele sabe todas as coisas, desde o princípio. Quando você tiver somente Deus e a oração, apenas busque e você verá o dia da vitória.

E o dia da vitória já estava programado. 


Foi em maio, mês passado, que pelo perfil social da minha amiga Lídia Sampaio e do Élcio Junior, acompanhei uma das mais sensacionais e espetaculares histórias dos últimos tempos. E no final, emocionado, eu gritei: “Eu já sabia!!”. E pensei: Eu participei disso. Eu orei pelo Sandro e Deus ouviu também a minha oração.

No dia 12 de maio, o Pastor Sandro Cruz, de 39 anos, líder do Ministério Jovem da Igreja Adventista do Sétimo dia no Setor Sul do Estado do Rio de Janeiro, compareceu ao Hospital Oeste D’or, para tratar uma dor de cabeça que o estava incomodando já há alguns dias. Enquanto esperava para ser atendido, levantou-se para ir ao banheiro, onde teve um AVC isquêmico. Foi socorrido e internado imediatamente.

“O cérebro dele está uma catástrofe; 99,999% de chance de não voltar, e se voltar terá sequelas terríveis.”

O comentário era apenas este: “O pastor Sandro Cruz tem poucos momentos de vida. Talvez nem passe desta noite.”. Ele passou daquela noite.

No dia seguinte, 13 de maio, começamos uma “corrente de oração”. Milhares de pessoas no Brasil e no mundo foram convidadas a orar pelo Pastor Sandro, no horário das 6h, 9h, 12h, 15h, 18h, 21h e à 0h. Eu orei todos os dias às 6h e à meia-noite. Não falhei nenhuma vez.


Dia 14 de maio. A corrente se intensificava. Era um sábado. Os jovens se reuniram em Campo Grande e decidiram orar pelo pastor do lado de fora do hospital numa grande manifestação pública de fé. E o estado clínico dele continua o mesmo. Nada acontece, nenhum sinal de que ficará bom, mas nós estamos diante do trono. Estamos clamando!

"A quem tenho eu no céu senão a ti? E na terra não há quem eu deseje além de ti. A minha carne e o meu coração desfalecem; do meu coração, porém, Deus é a fortaleza, e o meu quinhão para sempre." Salmos: 73:25 e 26

Os jovens se encontraram mais tarde, na igreja, e oraram novamente pelo pastor e cantaram um de suas músicas favoritas: “Brilhar por Ti”.

O domingo, 15 de maio, chegou: Queridos, o Sandro está precisando receber sangue e a pessoa responsável pelas transfusões dele me pediu doadores.
Seguem abaixo as informações e os endereços. Pelo informativo parece que eles disponibilizam van para buscar e trazer de volta. Nós somos muitos e com certeza teremos sangue para ele e para muitos outros que precisem
.”. A resposta foi grande, muitos doadores compareceram ao local, o que até chamou atenção da imprensa, e o Jornal O Globo publicou uma matéria sobre a ação dos Jovens Adventistas.


A esposa do Sandro, Marciane Cruz publicou, emocionada, em sua página na rede social: “Ele vai amar saber dessa mobilização da juventude e estou guardando todas as fotos que vocês postam, os vídeos, as mensagens, porque creio que ele vai acordar e quero que ele veja esse carinho todo de vocês.”.

"Como passaram muitos à vista dele (pois seu aspecto estava mui desfigurado, mais do que o de outro qualquer, e a sua aparência mais do que as dos outros filhos dos homens), assim causará admiração às nações, e os reis fecharão a sua boca por causa dele; porque aquilo que não lhes foi anunciado verão, e aquilo que não ouviram entenderão." Isaías 52:13-15

Começa uma nova semana. Segunda, 16 de maio: “Amigos, o Sandro continua em coma induzido. Hoje seu estado permanece estável diante da pouca melhora que teve ontem, após a tomografia. Continuemos em oração. Para Deus tudo é possível!”.

Terça-feira, 17 de maio, nenhuma novidade. Orei às 6h e na volta do trabalho, antes de dormir, oro novamente, à 0h.

Quarta-feira, 18 de maio, falta pouco pra meia-noite e alguém posta no Facebook: “Está chegando a hora de clamar”. Eu queria ter ido ao culto de oração, na igreja, mas não foi possível por causa do horário. Eu orei pelo pastor Sandro no metrô. Minha irmã Lucia comenta no “zap” da família que a igreja orou.

No dia 19 de maio a Lídia compartilha um comunicado do Ministério Jovem:
Amigos, boa tarde. O estado de saúde do Pastor Sandro Cruz continua o mesmo. A família agradece muito as orações. Aqui na sede do Rio Sul estamos orando no momento do culto, às 10h e às 15h. Não esmoreçamos na oração. Devemos continuar clamando a Deus pelo milagre. As visitas continuam suspensas, até segunda ordem médica. Agradecemos a todos que de alguma forma têm participado deste movimento de intercessão.”.

Lembro que no dia 20 de maio, quando a Lídia postou um lembrete com esses horários, eu olhei no relógio e eram 17h58 e eu comentei: “Faltam dois minutos. #tmj”. E naquela sexta eu me uni à turma das 18h também. O apelo para oração dizia: “Esta corrente não cessará até que a vontade de Deus se mostre na vida do nosso pastor.”.

E foi exatamente isso.

Alguma coisa começa acontecer naquele hospital. Anteciparam uma tomografia que estava agendada para a semana seguinte. A reação foi inesperada e surpreendeu os médicos e parou todo o CTI. Assim que a sedação foi retirada ele, imediatamente, respondeu aos estímulos auditivos. “Ele ainda se encontra no CTI entubado por precaução, até o pulmão funcionar sozinho. Vai permanecer assim por um bom tempo, até que se recupere. Pedimos que continuem em oração. O clamor está subindo e Deus está agindo!”.


Depoimento da esposa do Pastor: “Ouvir o que ouvi na sexta passada e todos os dias até hoje, realmente é algo para cair de joelhos e agradecer. Ontem à noite paramos para orar às 21h pela tomografia que ele iria fazer hoje. Eu orei e pedi a Deus só um sinal, um pequeno sinal de que iria ficar tudo bem. Repeti isso várias vezes na hora da oração. Só um sinal, meu Deus! E Ele me ouviu. E me deu um sinal. Ele me ouviu porque sua bondade e amor são infinitos, porque Ele tem algo a nos ensinar com esta situação. As pessoas me perguntam: como você está conseguindo? A resposta é: DEUS! Não atribuo isso a forças humanas. Então, toda essa confiança, toda essa serenidade que eu e todos da nossa família estamos tendo é algo que vem única e exclusivamente de DEUS!”.

O sábado estava chegando e a Marciane Cruz terminou assim o seu texto: “Tenham um sábado maravilhoso. Meu sábado tem um brilho diferente...”.

Dia 21 de maio amanheceu, e era um sábado maravilhoso.
O celular tocou, eu olhei o WhatsApp e vi o recado:
O pastor Sandro acordou e está interagindo com sua família.


Um comentário:

  1. Airtooooooon!!!! Vc sempre incrivel em seus textos... Me emocionei de novo! E o Pr Sandro realmente já é um milagre! A memória está intacta e isso é mais do que motivo pra agradecer.

    ResponderExcluir

Participe também, comentando!