quarta-feira, 15 de junho de 2016

ALCANCEI VOCÊ!


ALCANCEI VOCÊ!
Por João Octávio Barbosa

“Ah, não! Outro blog com papinho de crente! Por que eles insistem em tentar mudar quem eu sou?”


Deixe-me perguntar: o que você pensa quando ouve o nome “Jesus”?

Jean Jacques Rousseau, no séc. XVIII, declarou: “Quantos homens entre mim e Deus!”1. Sabe, eu não lhe culpo por não querer conhecer melhor Jesus ou Deus. Acho que, no seu lugar, eu faria a mesma coisa. Talvez você pense nos defeitos de alguns religiosos que você conhece. No fanatismo, na ganância, na corrupção, na exploração da ignorância, na hipocrisia e em tudo o mais de ruim que vem a sua mente ao associar a imagem de Jesus a todos aqueles que vivem propagando o Seu nome o tempo todo.


É, somos péssimos exemplos, às vezes. Os cristãos falham muito em representar Jesus, e eu peço desculpas a você em nome de todos nós, por isso. Rousseau foi brilhante em descrever como os homens serviriam de barreira entre você e Deus. Porque, por mais que eu tenha certeza de que você tenha ouvido falar muito na sua vida sobre Jesus, a maioria das pessoas morre sem conhecê-lo de verdade. E esse texto não foi feito para convencer você de nada, apenas para lhe apresentar, de verdade, a alguém: Deus, seu pai. A propósito, muito obrigado por ter chegado até aqui, vencendo aquela voz da razão que tinha lhe dito, lá no começo, quando você abriu esta página, que você deveria não ler porque não tinha nada a ver. Só falta mais um pouco.


Esse folheto não é de igreja nenhuma, não quero que você vá a lugar nenhum, nem quero nada seu. Aliás, na verdade, quero sim, só uma coisa: seu coração. Eu acho que você tem uma Bíblia em casa, não tem? Na internet, você pode ler também. Desafie Deus. Fale com Ele agora e peça para Ele responder. Não se prenda às verdades que os outros lhe dizem. Busque a verdade, com a orientação direta de Deus. Leia um pouco sobre a vida, os atos e os pensamentos de Jesus nos livros de Mateus, Marcos, Lucas e João. Hoje você foi alcançado diretamente. Dê uma chance para conhecer alguém que o ama e o conhece, e que espera por você todos os dias.

Não peço que concordem, espero que reflitam! 


Hoje fugi um pouco à regra do Perfil Sem Curtidas, com uma edição extraordinária. Semana que vem voltamos com o formato normal, só com textos inéditos.

_______________

Referência:

1. ROUSSEAU, Jean-Jacques. Citado em “Rousseau e a escola democrática”. Texto compilado disponível em: <http://www.nacional.edu.br/grupodeestudos/docs/rousseau_e_a_escola_democratica.pdf> - acessado em 03.06.2016.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!