sexta-feira, 1 de janeiro de 2016

HOJE É O PRIMEIRO DIA DO RESTO DA SUA VIDA



HOJE É O PRIMEIRO DIA DO RESTO DA SUA VIDA
(Por Denize Vicente)

Amanheceu.
2016.
Primeiro dia.
Brindes, votos, risos e lágrimas embalaram a noite passada.
Agora é manhã.
É o amanhã.

O que você desejou, na última noite, para este novo ano?

Há algum tempo descobri que há dois desejos indispensáveis. Duas grandes bênçãos, nesta vida. E se eu pudesse oferecer a você apenas duas coisas, sem levar em conta a dificuldade, ou o custo, mesmo que fossem as mais caras do mundo... Se me fosse dada a chance de lhe ofertar dois presentes, eu lhe daria SAÚDE e SABEDORIA.

Não estou falando dessa saúde de corpo sarado, saúde de só não estar doente; estou falando de SAÚDE - aquele estado de perfeito equilíbrio físico, mental e espiritual; aquele mais alto vigor; aquele total bem-estar. Saúde para não ter doença; pra se dar bem com os amigos; saúde pra brincar com as crianças; cuidar dos enfermos; para dormir e acordar bem; pra encarar os dias com disposição; saúde pra comemorar a vida.

Saúde e sabedoria...

Não estou falando de inteligência. Nem de capacidade intelectual. Falo de SABEDORIA para ser prudente, justo, para ser reto, íntegro, honesto. Sabedoria para compreender o que parece mistério; para aceitar o que depende da fé; para renunciar o que atrai mas não é correto. Eu falo da sabedoria de entender que às vezes é preciso mudar, e que outras vezes é preciso manter-se firme; que é de hábitos que se constrói um caráter; que nem tudo o que é legal é moral; que os sentimentos importam, sim; que os pais são tesouros; que a família é uma bênção; que se deve fazer amigos para sempre; que perdê-los para a morte faz parte da vida. Sabedoria para não esquecer que não se tomam decisões movido pelo impulso; que na relação com o dinheiro ele não pode dominar você. Sabedoria para saber o que é essencial em cada ato, em cada coisa, em cada lugar, em cada vida. Sabedoria para não desperdiçar o útil e para não brigar pelas sobras; para reconhecer a diferença entre o necessário e o supérfluo, entre o prazer e a volúpia, entre o intervalo e o final; porque cada um tem sua hora, cada coisa o seu lugar, e nem sempre podemos ter tudo. Sabedoria para conhecer; pela experiência, pelo discernimento, pelos sentidos. Sabedoria para saber onde colocar seus pés e onde repousar suas asas; para descobrir por onde voar e onde fazer seu ninho. Sabedoria para saber de tudo um pouco e não para saber tudo de uma coisa qualquer. Sabedoria para saber quando falar e quando calar; para saber ouvir e entender; para sorrir e chorar; e pra perceber quando um abraço é a única coisa que faz sentido. Sabedoria para nunca negar um carinho e pra não renegar um amor; e, enfim, para estabelecer a diferença, às vezes a sutil diferença, entre o permanente e o passageiro.

Se eu pudesse, eu lhe daria SAÚDE e SABEDORIA.

E se não tenho autoridade para tanto, peço ao Soberano que lhe conceda, em 2016, essas, as maiores bênçãos do mundo. Porque tudo o mais é consequência.

_____

Este texto foi escrito em 2006, e continuo pensando que saúde e sabedoria são as maiores bênçãos do mundo, razão por que eu me mantenho fiel a esses votos, em cada final de ano, e renovo, nesses termos, a minha oração pelos meus amigos a cada ano novo.





A você, que movimentou o nosso blog em 2015, ajudando a contabilizar mais de 20 mil acessos, nosso carinho e os bons desejos de saúde e sabedoria para todo o 2016, para toda a sua vida. Você que veio de perto, de longe, parentes e amigos queridos, ilustres visitantes que nunca vimos, você que acessou do Rio, no Brasil, ou dos Estados Unidos, Alemanha, Canadá, Rússia, Portugal, Índia, China, Angola, França, Turquia, Vietnã, Reino Unido, Polônia, Suécia... a todos que estiveram conosco, um abraço fraterno, expressão da alegria de ter vocês por aqui, ajudando-nos a perceber que, se estivermos atentos, não importa o que temos ao nosso alcance, tudo e qualquer coisa há de servir para promover crescimento – mente e espírito.

Vem aí #entaoserve2016 !

Se você curtiu e cresceu, em 2015, ajude-nos a divulgar este canal compartilhando as mensagens e os links de acesso ao blog:

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!