domingo, 15 de janeiro de 2017

SUPERSTIÇÕES

EM FEVEREIRO A GENTE VOLTA COM TEXTOS INÉDITOS E OUTRAS NOVIDADES!!
Até lá, continue com a gente,
refletindo sobre coisas que podem mudar o rumo da sua vida em 2017.

SUPERSTIÇÕES
Por Pamela Henriques Moreira

Uma das primeiras coisas que faço, quando chego da rua, é tirar os sapatos. Tenho grande dificuldade de ficar calçada quando estou à vontade em casa; pode o chão estar gelado, posso ter consciência que "doença se pega pelos pés", como diz minha mãe, mas adoro a liberdade de estar descalça.

Lembro-me de quando era criança e diversas vezes ouvia algum amiguinho chamando minha atenção porque meu chinelo estava virado para baixo. Eu, rapidamente, o desvirava, pois se eu não o fizesse, minha mãe podia até morrer. Quem nunca ouviu isso?

No dia a dia, nos deparamos com diversas situações parecidas, com superstições que às vezes nem questionamos a origem, simplesmente seguimos o fluxo e tomamos como verdades.

Certa vez, enquanto aguardava para ser atendida em um consultório médico, os demais pacientes falavam sobre passar ou não debaixo de escada - afinal, poderia dar azar. Dentre as várias superstições/crenças existentes, temos as clássicas: sexta-feira 13, um dia propenso a acontecer coisas ruins - cruzar com gato preto nesse dia, então... ; quebrar espelho dá sete anos de azar para quem o quebrou; abrir guarda-chuva dentro de casa pode atrair morte... Mas nem só de coisa ruim se alimentam as superstições. Por que não citar o trevo de quatro folhas ou o pé de coelho, que trazem sorte? Ou até mesmo a fonte de água que realiza nossos desejos só por depositarmos uma moedinha? Sem esquecer de que com três batidinhas na madeira temos o poder de isolar o que foi praguejado!

Estima-se que, nos Estados Unidos, 10% da população teme o número 13. Tal superstição resulta até mesmo em prejuízos de mais de US$800 milhões para a economia, ao ano, visto que certos eventos, tais como: casamento, festas e viagens são evitados nesse dia. Alguns chegam a faltar ao trabalho. Sem mencionar que a maioria dos prédios não possui um 13º andar, ou ele é, simplesmente, chamado de 14º!

Uma das mais conhecidas explicações para tal crença está ligada à última ceia de Cristo, porque havia 13 pessoas: Jesus e os 12 apóstolos. Judas Iscariotes, que traiu Jesus, teria sido o 13º convidado a se sentar à mesa.

As superstições, por vezes, atraem as pessoas que as validam sem qualquer embasamento para isso. Da mesma forma acontece no meio cristão. Aquele que lê, mas não compreende a verdadeira mensagem, além de muitas vezes deturpar o seu verdadeiro sentido, passa a crer em suposições falsas.

Não precisamos de biscoitos da sorte, como aqueles servidos nos restaurantes chineses, para receber uma mensagem de esperança, nem precisamos achar um trevo de quatro folhas e pensar que teremos sorte por isso.

Nem eu nem você precisamos de amuleto da sorte quando temos Cristo como Guia e Salvador.

No que temos acreditado? A fé tem nos movido? Pra onde?

Isso me remete à música "Fé cega faca amolada":

"Deixar a sua luz brilhar e ser muito tranquilo
Deixar o seu amor crescer e ser muito tranquilo
Brilhar brilhar acontecer brilhar faca amolada
Irmão irmã irmã irmão de fé faca amolada"

O quão pode ser perigosa a fé cega, tão cortante quanto uma faca amolada.

Abrir guarda-chuva dentro de casa pode ser fatal mesmo, ainda mais quando pensamos que o objeto, no Século XVIII, apresentava risco de acidente devido a seu mecanismo rígido - grande probabilidade de acertar fortemente alguém. Passar debaixo da escada pode ser arriscado também se você pensar que algo pode cair sobre você; a não ser que você creia que está profanando o triângulo (imagem formada pela parede e a escada na qual está encostada), que para os egípcios era uma imagem sagrada.

Quais conceitos culturais você herdou do cristianismo? Eles têm base bíblica? Você está certo disso? 

"Este povo honra-me com os seus lábios, mas o seu coração está longe de mim. Mas em vão me adoram, ensinando doutrinas que são preceitos dos homens." Mateus 15:8-9

A fé não deve ser cega. Não aceite, simplesmente, o que é falado, mas busque de coração conhecer o que Deus tem a lhe dizer, estude a Bíblia, compare. Muito se ensina por aí...

"Tu, porém, fala o que convém à sã doutrina." Tito 2:1

"Se vós permanecerdes na minha palavra, verdadeiramente, sereis meus discípulos e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.” João 8:31-32

______________________

Referências:


_____________________________

Estaremos de volta com novidades e textos inéditos a partir do dia 1º de fevereiro/2017, quando começaremos o Ano III da história do "Então Serve". Enquanto isso, aproveite o mês de janeiro para (re)ler alguns posts de 2016. Não esqueça de curtir nossa fanpage no Facebook -www.facebook.com/entaoserve. Siga o blog no Google+ -google.com/+EntaoServe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Participe também, comentando!